Enem 2017: Candidatos Surdos Terão Direito a Vídeo Com Prova em Libras

Além das mudanças já citadas aqui e ratificadas no Edital, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2017) trará também um novo recurso de acessibilidade no atendimento especializado a candidatos surdos durante a realização das provas: um dispositivo em vídeo contendo questões traduzidas em Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Conforme esclarecimentos da própria assessoria de comunicação social do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), responsável pela organização/aplicação das provas, serão disponibilizadas salas adaptadas para estes estudantes.

A solicitação para tal atendimento especializado, bem como a inserção de laudo comprobatório que a motivou, deverão ser realizados no ato da inscrição no Enem 2017, cujo prazo estará aberto entre 8 e 19 de maio.

Segundo determinado pelo Edital do exame, o resultado da análise do laudo com o deferimento ou não do pedido deverá ser consultado na página do participante, no sistema do Inep. Em caso de indeferimento, o instituto informará o candidato e abrirá possibilidade de envio de um novo documento. O participante, por sua vez, terá três dias para inclusão de um novo documento (recurso) para análise.

Tempo Adicional Para Realização das Provas

Além do vídeo da prova em Libras para candidatos surdos, o atendimento especializado também trará outra mudança. A partir desta edição o tempo adicional, recurso exclusivo de participantes deficientes ou com outra condição especial, não poderá mais ser solicitado na hora da prova, somente no ato do preenchimento do formulário de inscrição online. Nesta opção o candidato que tiver a solicitação indeferida por duas vezes terá seu pedido de tempo adicional retirado.

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *