Identificando Substâncias Puras e Misturas

Uma diferenciação muito comum e que às vezes dá o ar da graça no Enem e nos outros exames é a de substância pura e mistura. Do ponto de vista macroscópico, as propriedades físicas dão o caminho a partir das análises gráficas dos pontos de fusão e ebulição. É muito simples, vamos analisá-las:

Em resumo, uma substância pura é constituída por uma única espécie química, isto é, não apresenta outras variedades de moléculas em seus componentes. Por exemplo:

Na água pura, só há moléculas de H20.

OBS: NÃO CONFUNDA SUBSTÂNCIA PURA COM SUBSTÂNCIA SIMPLES – Uma substância pura não está ligada à quantidade de elementos químicos presentes, mas sim à presença de moléculas iguais – podendo ser substância simples ou composta.

Graficamente, o comportamento dos pontos de fusão e ebulição indicará do que se trata.

Uma substância pura NÃO varia seus pontos de fusão e ebulição. Exemplo:

misturas

Perceba que durante a fusão – quando coexistem os estados sólido e líquido – a linha gráfica é constante. Com a ebulição é a mesma coisa.

Resumindo: substância pura – moléculas iguais (podem ser simples ou compostas), pontos de fusão e ebulição constantes.

Mistura

As misturas são diametralmente opostas a substâncias puras, porque são constituídas por mais de uma molécula – duas ou mais substâncias puras. Dividem-se em dois tipos:

Mistura homogênea:

Apresenta uma única fase, ou seja, é vista uniformemente em um sistema.

Exemplo:
Solução de água e sal de cozinha.

Mistura Heterogênea

Apresenta duas ou mais fases – não tem aspecto uniforme, possuindo duas ou mais composições.

Exemplo:
Água e óleo, areia e cascalho, sangue e leite (microscopicamente é possível distinguir as fases do sangue e do leite).

Ar atmosférico – composto por várias substâncias puras – O2, N2, CO2 etc.

Tomando como contrapartida, os pontos de fusão e de ebulição de uma mistura, homogênea ou heterogênea, variam.

misturas1

Note que durante a fusão e a ebulição, quando coexistem os dois estados, há variação gráfica. Isso permite identificar o comportamento de mistura.

Mistura Eutética e Azeotrópica

Outra distinção que é possível fazer é a característica da mistura, heterogênea ou homogênea, com relação às variações de fusão e ebulição.

Quando uma mistura não varia seu ponto de fusão (comporta-se como substância pura), mas varia seu ponto de EBULIÇÃO, ela é dita EUTÉTICA.

misturas2

Quando uma mistura varia seu ponto de FUSÃO, mas não varia seu ponto de ebulição (comportando-se como substância pura neste momento), ela é dita AZEOTRÓPICA.

misturas3

É isso! Nos próximos artigos falaremos sobre os métodos de separação de misturas, não perca!

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *