Funções orgânicas – Álcoois e Ácidos carboxílicos

Depois de compreender as características de um hidrocarboneto, vamos continuar com as funções orgânicas entendendo um pouco mais sobre os álcoois e ácidos carboxílicos.

Podemos identificar que uma cadeia representa um álcool quando ela possui uma hidroxila, ou seja, um grupo “OH”, ligado a um carbono saturado. Para nomear a cadeia, é possível seguir os mesmos passos dos hidrocarbonetos, porém, como sufixo, ao invés de “o”, como ocorre com os hidrocarbonetos, os álcoois terão “ol”. Os álcoois podem ser classificados em primários, secundários e terciários de acordo com o carbono ao qual a hidroxila está ligada. Se estiver ligada a um carbono primário, será um álcool primário, raciocínio que segue para os carbonos secundários e terciários.

Também podemos classifica-los de acordo com o número de hidroxilas na cadeia. No caso de uma hidroxila, temos um monoálcool e no caso de duas ou mais chamamos poliálcool. Na cadeia abaixo, podemos observar que há dois carbonos na cadeia principal (et), apenas ligações simples (an) e uma hidroxila ligada a um carbono primário, portanto temos o etanol, um monoálcool primário.

Já os ácidos carboxílicos são aqueles que possuem um grupo carboxila, ou seja, COOH, no início ou no final da cadeia, resultado da união de um grupo carbonila (CO) com uma hidroxila (OH).

Assim como os álcoois, os ácidos carboxílicos seguem o modelo de nomenclatura dos hidrocarbonetos, contudo, esse nome é antecedido pelo termo “ácido” e o sufixo neste caso será “oico”. Na imagem abaixo podemos observar um composto semelhante ao etanol, porém com uma diferença no grupo funcional, a ligação dupla entre um carbono e um oxigênio, que, junto à hidroxila, caracteriza o ácido carboxílico. São dois carbonos e apenas ligações simples entre carbonos, portanto temos um ácido etanoico.

É importante ressaltar que se houver mais de uma carboxila, adicionaremos di, tri, tetra, de acordo com o número de ocorrências do grupo. No exemplo abaixo podemos observar o ácido propanodioico.

Nos próximos artigos trataremos de cetonas e aldeídos. Até breve!

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




3 Comentários

Entenda o Que é Isomeria e Quais os Tipos de Isômeros Planos • infoEnem | infoEnem

[…] diferentes. As principais funções orgânicas, como já estudamos, podem ser hidrocarbonetos, álcoois, ácidos carboxílicos, éteres, ésteres, aminas, amidas, cetonas e aldeídos . Os compostos […]

Responder

jaime nazareno costa de souza

exelência de infomação

Responder

jaime nazareno costa de souza

> ~que é moderação?

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *