Entenda o Que é Isomeria e Quais os Tipos de Isômeros Planos

Na postagem de hoje vamos aprender sobre um conceito muito importante e recorrente nos exercícios de química: a isomeria. Vamos explicar o que são compostos isômeros e quais os tipos de isômeros planos, apresentando exemplos de cada situação deste fenômeno.

Para explicar o que é a isomeria, vamos utilizar o português! Para isso, vamos considerar as letras AMRE. Com estas quatro letras, podemos formar diferentes palavras, como MERA, MARÉ e REMA. Nestes casos, dizemos que as palavras são isômeras, pois possuem a mesma composição de letras, porém dispostas de maneiras diferentes! Da mesma forma isso ocorre com os compostos químicos, os isômeros na química são substâncias que apresentam a mesma composição química, mas cuja disposição é diferente!

Vamos considerar os compostos de fórmula química C­2H6O. Talvez você até o reconheça, quando escrito da forma C­2H5OH, que é o etanol, provavelmente o mais famoso álcool que utilizamos na química. No entanto, esta fórmula química também pode assumir a forma de CH3OCH3, que é o éter dimetílico, ou metoximetano, um éter gasoso a temperatura ambiente, e muito utilizado em aerossóis! Quanto a isomeria plana, os compostos podem ser: de função, de cadeia, de posição, de metameria e de tautometria. Vamos falar de cada um a seguir.

Isômeros de função

Os isômeros de função são aqueles que apresentam a mesma fórmula química, e que sejam de funções orgânicas diferentes. As principais funções orgânicas, como já estudamos, podem ser hidrocarbonetos, álcoois, ácidos carboxílicos, éteres, ésteres, aminas, amidas, cetonas e aldeídos . Os compostos C­2H5OH e CH3OCH3 que mostramos acima são isômeros de função, pois são um álcool e um éter, respectivamente. Outros compostos isômeros de função são a cetona propanona e o aldeído propanal, ambos de fórmula química C3H6O.

Isômeros de cadeia

Os compostos isômeros de cadeia são aqueles que apresentam a mesma composição química, mas apresentam diferenças quanto a estruturação de sua cadeia. As cadeias podem ser abertas ou fechadas, além de normal ou ramificada. Por exemplo, o composto C3H6, possui como isômeros os compostos 1-propeno, de cadeia aberta, e também o composto ciclopropano, cuja cadeia é fechada.

Isômeros de posição

Os isômeros de posição, assim como todos os outros isômeros, apresentam a mesma composição química. O que os diferencia é a posição de uma determinada molécula ou ligação. Desta forma, os compostos serão da mesma função orgânica, mudando apenas o posicionamento de alguma molécula. Por exemplo, o composto C5H8, apresenta os isômeros de posição 1-pentino e 2-pentino, que diferenciam o posicionamento da ligação tripla ao longo da cadeia.

Isômeros de metameria

Os isômeros de metameria (ou de compensação) são compostos que apresentam a mesma função e fórmula química, cadeia aberta e que sejam heterogêneas, com mudança do posicionamento de seu radical heteroátomo. Considere os isômeros de fórmula C4H11N, pode apresentar os isômeros metil-propil amina e também a dietil amina, apenas com a mudança no posicionamento do radical amina.

Isômeros de tautometria

Este tipo de isomeria nada mais é que um caso especial da isomeria de função, onde ocorrem um isômero da função enol e outro da função cetona, ou um aldeído e um enol, e vice-versa. Vamos considerar o composto de fórmula química C3H6O, que pode apresentar os isômeros de tautometria propanona (cetona) e o 2-propenol (enol). Note que já utilizamos a propanona em outro exemplo de isomeria!

 

Com isso, finalizamos os diferentes tipos de isômeros planos. Entender estes diferentes tipos, assim como as diferentes funções orgânicas é importante para a resolução destes problemas no meio da química!

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *