Divisão Regional do Brasil – Região Sudeste

Dando continuidade ao estudo das divisões do Brasil, hoje vamos lembrar que o país é dividido para um melhor estudo das regiões de acordo com suas características naturais, humanas, políticas e econômicas. A partir deste estudo, é possível criar melhorias e aumentar o desenvolvimento local.

A primeira região a ser estudada é a Sudeste, formada pelos Estados de São Paulo, Espírito Santo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. É nesta região que encontramos as principais metrópoles do país, como: São Paulo Rio de Janeiro e Belo Horizonte, que formam o maior complexo urbano-industrial da América Latina.

O Sudeste é destaque no desenvolvimento e dinamismo econômico. Isso se dá devido ao fato de que, durante o Ciclo de Ouro, houve uma grande projeção desses estados no cenário nacional, o que trouxe grandes adventos no setor. Após o ouro, tivemos o período do café e o novamente esta região se destacou economicamente das demais, consistindo num cenário favorável para a vinda de imigrantes e à industrialização.

sudeste

Todos esses fatores fizeram com que a região evoluísse mais rapidamente do que outras e que apresentasse um acelerado crescimento urbano. A região de São Paulo, atualmente, tem o ritmo de crescimento maior do que o restante dos locais e destaca-se na indústria automobilística.

Trata-se da região que possui a maior densidade demográfica, concentrando 20% da população brasileira e constituindo o maior polo de atração de trabalhadores do país, devido ao seu alto índice de crescimento econômico. Mas também, vale ressaltar, devido à esses fatores, existem diversos problemas de cunho ambiental, estrutural, socioeconômico e uma qualidade de vida baixa. A agricultura também é bastante produtiva, havendo exportação de produtos como café, soja, algodão e cana. O principal porto do país fica localizado em Santos – SP.

Localizada geograficamente numa zona intertropical, a região Sudeste apresenta alta quantidade de cadeias montanhosas e serras (Serra da Mantiqueira, Serra do Mar). Na região de planaltos, temos o clima tropical de altitude e, na região litorânea, o tropical atlântico. A hidrografia encontra bastante potencial nesta região e temos a maior usina hidrelétrica do Sudeste, em Urubupungá, SP. O importante Rio São Francisco, que nasce em Minas Gerais, na Serra da Canastra, e o Rio Paraná também estão presentes compondo este quadro. A vegetação é predominantemente de Mata Atlântica, mas ao norte de Minas Gerais temos a vegetação de caatinga.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *