Brasil: Divisões Regionais e Político-Administrativas

No artigo de hoje explicaremos as divisões do território nacional e o motivo das mesmas serem estabelecidas desta forma, assunto referente a disciplina de Geografia da prova de Ciências Humanas do Enem.

Para começar, vale a pena lembrar que o Brasil é dividido em regiões, ou sub-regiões, para um melhor estudo das unidades e para que melhorias de acordo com cada local possam ser feitas. Essas divisões são feitas por questões econômicas, territoriais, sociais ou culturais.

O país, territorialmente, é dividido em cinco grandes regiões, sendo elas: Nordeste, Sudeste, Norte, Sul e Centro-Oeste. Iremos estudar cada uma delas de maneira separada para uma melhor compreensão e maior detalhamento nas próximas matérias. É preciso ressaltar que essa divisão territorial não é a única existente, apesar de ser a mais conhecida. Hoje vamos conhecer a divisão em regiões Geoeconômicas, que separa nosso país em três: Centro- Sul, Complexo Amazônico e Nordeste.

Brasil Complexos

A divisão em regiões Geoeconômicas foi elaborada por um geógrafo chamado Pedro Pinchas Gelger e tem como proposta principal elencar e estudar a interdependência econômica regional e mostrar claramente as diferenças econômicas locais. A região Nordeste é formada pelo leste do Maranhão, norte de Minas Gerais que engloba o Vale do Jequitinhonha e pelos estados do Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

Esta área é marcada por uma infraestrutura muito precária, predomínio de agricultura – tanto em lavouras comerciais, como de subsistências – e concentração de terras nas mãos de poucos proprietários, o que, junto das questões naturais, causa problemas sociais muito intensos. O governo vem tentando promover uma industrialização maior no local, além do incentivo à atividade turística no litoral, que alavanca parte da economia.

A região do Complexo Amazônico abrange o Norte, centro do Tocantins, oeste do Maranhão e norte do Mato Grosso e é equivalente a toda a região da Floresta Equatorial Amazônica. Por ser um local propício para o desenvolvimento da agricultura, pecuária e mineração, a exploração desses recursos tem gerado um desmatamento de maneira predatória. A densidade populacional é baixa e a maioria das pessoas vive ao longo dos rios ou em cidades mais industrializadas, como Manaus.

A região Centro-Sul é o polo econômico do país. Apresenta maior densidade populacional, maior concentração de renda, alto nível de industrialização e muita diversidade cultural. É a região mais povoada e também a mais populosa do território brasileiro. Os estados que a compõem são: Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, sul do Tocantins e uma parte do Mato Grosso.

Compartilhar

3 Comentários

Compreendendo a Divisão Regional do Brasil - Norte | infoEnem

[…] seguimento a nossa série de textos sobre a divisão regional do Brasil, este artigo trata da Região Norte. Formada pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, […]

Responder

Divisão Regional do Brasil: Região Centro–Oeste | infoEnem

[…] o InfoEnem continuará a falar sobre as principais regiões em que o Brasil é dividido. Para refrescar a memória vamos lembrar que o país é dividido em cinco partes, e os estados são […]

Responder

Divisão Regional do Brasil - Região Sudeste - InfoEnem

[…] continuidade ao estudo das divisões do Brasil, hoje vamos lembrar que o país é dividido para um melhor estudo das regiões de acordo […]

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *