Revisão Completa Sobre a Segunda Guerra Mundial

O fim da Primeira Guerra Mundial gerou diferentes sentimentos nos países europeus. Enquanto França e Inglaterra mostravam-se pacificadoras, com a chamada política do apaziguamento, a Alemanha ainda amargava as imposições do Tratado de Versalhes. Devido às questões mal resolvidas da Primeira Guerra e à incapacidade da Liga das Nações em conter disputas, em 1939 se iniciou o maior conflito da história.

A Segunda Guerra Mundial começou com a invasão da Polônia pela Alemanha, devido ao domínio polonês do porto de Dantzig, uma determinação do Tratado de Versalhes. Ocorreu no dia 1 de setembro de 1939 e o país já havia invadido outros territórios em consequência à política expansionista do nazismo de Hitler. Logo após, invadiu Dinamarca, Holanda, Bélgica e Noruega.

Depois da invasão da Noruega, Hitler se empenhou na atacar a França e em seguida a Romênia, Grécia e Iugoslávia. Esses primeiros anos de ofensiva alemã ficaram conhecidos como guerra-relâmpago, ou Blitzkrieg, devido à velocidade com que aconteciam as invasões.

Já a Inglaterra foi violentamente bombardeada, porém resistiu. Em 1941, Hitler quebrou o acordo que havia feito com a União Soviética, invadindo-a. No mesmo ano, o Japão atacou uma base militar dos Estados Unidos em Pearl Harbor, no Havaí e, com isso, Estados Unidos e União Soviética entraram na guerra e, assim como na Primeira Grande Guerra, formaram-se dois blocos. De um lado estavam Alemanha, Itália e Japão, as potências do Eixo, contra os aliados Inglaterra, Estados Unidos e União Soviética.

Ataque japonês a base militar americana em Pearl Harbor (1941).

Ataque japonês a base militar americana em Pearl Harbor (1941).

A Alemanha, que já se considerava vencedora, começou a perder sua força devido à capacidade bélica norte-americana. Ademais, ainda foi obrigada a dividir suas tropas em dois frontes, o Oriental para combater a União Soviética, com a maior parte de seu exército, e o Ocidental, para as potências europeias. Entre setembro de 1942 e fevereiro de 1943 ocorreu a maior derrota do país, a Batalha de Stalingrado, na qual cerca de 1,5 milhão de pessoas morreram, Hitler começava a declinar e o Exército Vermelho Soviético avançava pelos territórios antes dominados pelos alemães.

Batalhas foram travadas também no norte da África, onde, em 1943, os aliados já haviam dominado as potências do Eixo e conquistado o Marrocos e a Argélia, além da Itália, onde dominaram a região da Sicília e causaram a prisão de Mussolini. Foi neste país que atuou a Força Expedicionária Brasileira contra o nazifascismo.

Com a queda de Mussolini, o rei Vítor Emanuel assinou o armistício e, em 6 de junho de 1944, no chamado Dia D, as tropas alemãs da França foram vencidas. Entretanto, mesmo cientes de sua derrota, os alemães continuaram na guerra até Hitler se suicidar em 1945. O Japão também persistia na luta contra os Estados Unidos, até que em 6 e 9 de agosto do mesmo ano, os norte-americanos, com Harry Truman no poder, lançaram duas bombas atômicas sobre o país, uma na cidade de Hiroshima e outra em Nagasaki, destruindo-as e pondo fim à guerra que matou mais de 50 milhões de pessoas.

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Comentários

Redação: 70 anos da Declaração dos Direitos Humanos • infoEnem | infoEnem

[…] Direitos Humanos completou 70 anos, já que em 10 de dezembro de 1948, três anos após o fim da II Guerra Mundial, a Assembleia Geral das Nações Unidas, em Paris, a proclamou. O documento foi uma resposta aos […]

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *