Redação no ENEM e Alunos: Por Que Devo me Preocupar?

Há algumas semanas, substituí a professora de Português do 9º ano do Ensino Fundamental do colégio no qual dou aulas e resolvi abordar a questão das propostas de redação em vestibulares, já que acredito que os alunos desta série já podem começar a conhecer como a produção textual se dá em exames oficiais.

Em dado momento da aula, comentei a frequente atualidade dos temas das propostas de redação do ENEM e perguntei se alguém sabia qual foi o tema da prova de produção textual da edição do ano de 2015 do exame e, resultado, ninguém sabia. Então, comentei que havia sido a persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira e afirmei que, desde já, eles poderiam ficar de olho nos temas das propostas de redação de exames vestibulares e uma aluna me perguntou o motivo se ela estava apenas no 9º ano do Ensino Fundamental.

Por um lado, ela tem certa razão, já que faltam alguns anos para ela começar a prestar o ENEM o os demais vestibulares. Porém, por outro lado, acredito que os adolescentes dos anos finais do Ensino Fundamental devem se manter atualizados não só em relação aos temas de redações, mas a tudo o que acontece ao seu redor nas esferas política, econômica, social, cultural, jornalística etc.

Obviamente não é necessário ser um especialista em política, por exemplo, mas saber dos assuntos que estão em alta no momento é de extrema importância para a formação não apenas escolar, mas também para a formação cidadã. Sempre digo que devemos almejar sermos pessoas com as quais é bom conversar, aquelas pessoas que sabem um pouco de tudo e opinam, de maneira embasada, sobre tudo.

Infelizmente, assuntos tristes nos cercam e com uma certa constância, como a violência contra a mulher, a homofobia, o machismo, o racismo, as discriminações, os preconceitos, a corrupção e devemos estar atentos a eles inclusive para combatê-los.

Somente com acesso e interesse às informações formaremos jovens cidadãos ativos, críticos e protagonistas de suas vidas e de sua nação, além de candidatos acima da média na redação do ENEM.

 


*CAMILA DALLA POZZA PEREIRA é graduada e mestranda em Letras/Português pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Atualmente trabalha na área da Educação exercendo funções relacionadas ao ensino de Língua Portuguesa, Literatura e Redação. Foi corretora de redação em importantes universidades públicas. Além disso, também participou de avaliações e produções de vários materiais didáticos, inclusive prestando serviço ao Ministério da Educação (MEC).

 
**Camila é colunista semanal sobre redação do nosso portal. Seus textos são publicados todas as quintas! Também é responsável pela criação da maioria dos temas do Curso de Redação do infoEnem

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Comentários

PH

“Porém, por outro lado, acredito que os adolescentes dos anos finais do Ensino Fundamental devem se manter atualizados não só em relação aos temas de redações, mas a tudo o que acontece ao seu redor nas esferas política, econômica, social, cultural, jornalística etc.”
Menos, bem menos! Esse idealismo utópico é um disparate, esses adolescentes terão o resto de suas vidas para viver neste/deste inferno, deixe-os aproveitarem a vida enquanto podem.

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *