Inep Revela Queda no Custo do Enem 2016, Primeira Desde a Edição de 2010

Nesta quarta-feira (19) o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) revelou que o custo total do Enem 2016 teve uma queda em relação ao ano anterior, a primeira redução desde o ano de 2010.

De acordo com informações divulgadas pelo órgão, responsável pela organização do exame, as provas e a aplicação do ano passado custaram R$ 91,49 por candidato, enquanto o Enem 2015 teve valor de R$ 93,23 por inscrito aos cofres do governo.

Um dos fatores que explica, em parte, essa redução nos gastos com o exame nacional foi o aumento do número de participantes em 2016 – 8,6 milhões confirmados – em relação a 2015, quando 7,7 milhões de pessoas ratificaram a inscrição após o prazo para pagamento da taxa.

Vale lembrar, no entanto, que historicamente a maioria dos candidatos é isenta de pagar a taxa de inscrição do exame (normalmente mais de 70%), que em 2015 foi de R$ 63 e no passado subiu para R$ 68. Desta forma, o valor arrecadado com a taxa não é suficiente para cobrir os custos do Enem.

Para se ter uma ideia, no ano passado a arrecadação total, que foi de aproximadamente R$ 136,2 milhões, foi suficiente para custear apenas um quarto do valor total do exame, que com as duas aplicações (novembro e dezembro) chegou a casa dos R$ 567 milhões.

Já para o Enem 2017 houve novo reajuste na taxa de inscrição, que agora passou para R$ 82 conforme o Edital.

Fonte: Portal G1

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *