Enem 2018: Dicas de Como Estudar Faltando 4 Meses Para as Provas

Faltam exatamente quatro meses para o primeiro dia de provas do Enem 2018 – Exame Nacional do Ensino Médio – cuja aplicação está marcada em> todo o Brasil para os dias 4 e 11 de novembro. E nesse momento decisivo a dúvida de muitos estudantes é: como estudar de agora em diante? Confira nossas dicas e bons estudos.

1. Crie um Cronograma de Estudos

Elabore um cronograma de estudos para orientar sua preparação e criar uma rotina. Se não tem ideia de como organizar um cronograma, pode se apoiar no modelo da tabela abaixo, que exemplifica uma situação em que o candidato tem disponível para estudo apenas o horário da manhã.

Modelo de Cronograma de Estudos Para o Enem – Portal infoEnem
Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Domingo
08:00 Mat. Geo. Hist. Bio. Redação Descanso Descanso
09:00 Mat. Geo. Hist. Bio. Redação Descanso Descanso
10:00 Mat. Fís. Quím. Inglês Filosifia Mat. Descanso
11:00 Mat. Fís. Quím. Inglês Sociologia Port. Descanso

É claro que você deve incluir no cronograma apenas os dias/horas que têm disponíveis para se dedicar a preparação. Não importa se são 40 ou 5 horas por semana, elabore um cronograma e siga-o a risca. Além dos horários e datas, você também deve personalizar a divisão das disciplinas por horas de estudo, focando mais naquelas em que têm mais dificuldade.

2. Pratique Resolvendo Provas Anteriores e Exercícios

Como já deve ter ouvido falar, de nada adianta gastar horas estudando a teoria se o aluno não por as mãos na massa. A resolução de exercícios e provas anteriores é essencial na preparação, pois auxilia na fixação dos conteúdos já estudados e dá experiência e confiança ao candidato a medida que permite se familiarizar com os tipos itens que encontrará no Enem.

Nossa recomendação nesse caso são as Apostilas Enem 2018 do nosso Portal, que trazem mais de 1.000 questões das últimas seis edições do Enem (2012 a 2017) para que o estudante pratique e depois estude pelas explicações e comentários de nossos professores. Clique aqui para obter seu kit.

3. Redação

Assim como nas provas objetivas (questões), a regra da prática vale para a redação. Apesar de repetitiva, a velha receita que diz “faça uma redação por semana” vale ouro nesse caso, desde que respeitada com disciplina. O que deixa muitos estudantes “na mão” na preparação para a redação é a falta de um professor que possa fazer as correções e devidas orientações, para aquele que estudam por conta e não frequentam cursinhos nem colégios.

Também oferecemos uma solução para esses candidatos, trata-se do Curso Online de Redação do infoEnem. Nele os estudantes terão temas que seguem a mesma comanda da proposta de dissertação, além de contarem com um professor que fará correções personalizadas com apontamentos precisos para evolução da escrita, tudo nos mesmos moldes do Enem. Veja como se inscrever agora!

4. Faça Simulados

A última dica, e não menos importante, é a realização de simulados. Entre outros benefícios, essa estratégia permite se preparar de maneira específica para o exame, especialmente os presenciais, uma vez que literalmente simulam todas as condições e dificuldades de se resolver uma prova longa e cansativa como a do Enem. Além disso, fazer simulados também ajuda a traçar uma estratégia de solução das questões/redação, incluindo controle do tempo, bem como ajuda a avaliar o desempenho. Há inúmeras opções gratuitas de simulados presencias e online, como a Plataforma do infoEnem.

Compartilhar
25 Temas

Receba GRATUITAMENTE um ebook com os possíveis temas da redação do Enem 2018




Sim Não
* Um produto Descomplica




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *