fbpx

Enem 2011: MPF irá recorrer

Segundo o procurador federal do Ceará, Oscar Costa Filho, o Ministério Público Federal (MPF) vai recorrer da decisão do Tribunal Regional Federal da 5ª Região sobre o Enem, divulgada na tarde de quarta-feira (16), que manteve a anulação das 14 questões somente das provas dos alunos do Colégio Christus.

Segundo a avaliação de Costa Filho, indícios apontam que os estudantes do curso pré-vestibular oferecido pelo Christus e estudantes de outro colégio, que faz parte do grupo, tiveram acesso ao material com as questões antecipadas. “O MEC não tem, de maneira segura, como definir o número de alunos. Vai depender ainda da colaboração do colégio”, explicou.

O recurso será encaminhado pela Procuradoria da República, no Recife, em até cinco dias. “A decisão do jeito que está não pode ser cumprida. Já que viola a igualdade de direitos dentro do próprio colégio. Esse cálculo de Teoria de Resposta ao Item (TRI) é uma caixa preta”, concluiu o Procurador.