Apostila Enem 2013 – Questão Exemplo de Filosofia

Por InfoEnem

Apostila Enem 2013 – Questão Exemplo de FilosofiaPassado o feriado da Páscoa, no qual muitos aproveitaram para descansar, já é hora de retomar o foco nos estudos.

Em maio provavelmente será publicado o edital do Enem 2013, que entre outras informações, trará as datas das inscrições e das provas do exame, que normalmente ocorrem entre os meses de outubro e novembro.

Portanto, praticamente seis meses separam milhões de candidatos da aplicação das provas. E quem se organizar e se preparar melhor durante esse intervalo de tempo, seguramente obterá melhores resultados no exame.

E é justamente nesse ponto que entram em cena nossas Apostilas para o Enem 2013.

Com mais de 700 questões (das últimas edições do exame) resolvidas e comentadas pela nossa excelente equipe de professores, elaboramos um material objetivo, prático e extremamente eficiente no estudo e preparação para o Enem.

Para conhecer um pouquinho mais das nossas apostilas, disponibilizamos hoje um exemplo de questão de Filosofia, que assim como todos as outros itens da disciplina, foi resolvida e comentada por Valter Chanes, professore de Filosofia, Sociologia e História.

 

Enem 2011 – Questão 02

O brasileiro tem noção clara dos comportamentos éticos e morais adequados, mas vive sob o espectro da corrupção, revela pesquisa. Se o país fosse resultado dos padrões morais que as pessoas dizem aprovar, pareceria mais com a Escandinávia do que com o Bruzundanga (corrompida nação fictícia de Lima Barreto).

FRAGA, P. Ninguém é inocente. Folha de S. Paulo, 4 out. 2009 (adaptado).

O distanciamento entre “reconhecer” e “cumprir” efetivamente o que é moral constituiu uma ambiguidade inerente ao humano, porque as normas morais são

A) decorrentes da vontade divina e, por esse motivo, utópicas.

B) parâmetros idealizados, cujo cumprimento é destituído de obrigação.

C) amplas e vão além da capacidade de o indivíduo conseguir cumpri-las integralmente.

D) criadas pelo homem, que concede a si mesmo a lei à qual deve se submeter.

E) cumpridas por aqueles que se dedicavam inteiramente a observar as normas jurídicas.

 

RESOLUÇÃO E COMENTÁRIOS

Alternativa D

Com relação à reflexão proposta pela questão, primeiramente, temos de saber reconhecer o que é moral a partir do conceito constituído (criado) pela filosofia. Observe que nas últimas avaliações feitas pelo ENEM, os conceitos de moral e ética transitam por todas as questões que tratam dos problemas políticos e sociais comportamentais. Vejamos a diferença entre moral e ética: Em tese, moral diz respeito ao conjunto de valores, práticas, normas e regras aceitas por um corpo social. Já a ética, diz respeito a ação individual ou coletiva acerca dos padrões morais. Sendo assim, a ética é uma ação critica junto à moral. Referente à questão, quando destaca que “o distanciamento entre ‘reconhecer’ e ‘cumprir’ efetivamente o que é moral constitui uma ambiguidade inerente ao humano…”, verificamos que mesmo toda uma estrutura de valores comportamentais constituída, ainda há uma “nuvem de fumaça” quando os indivíduos ou grupos sociais questionam ou se questionam dadas as circunstâncias. Parte- se da reflexão de que todos nós somos responsáveis, então, pela organização e manutenção dos padrões morais. Nesta perspectiva, a alternativa D é a mais adequada a este contexto.

 

6 Comentários

Isabela

Estou gostando muito desse site, concerteza me ajudará bastante!

Responder

Stella

Concerteza Isabela

Responder

Stella

Concerteza esta me ajudando muito… Obrigada, Stella Romanelli.

Responder

m

Concerteza não existe. Vocês querem dizer COM CERTEZA*. Tô vendo que a concorrência está baixa kkkkkkkkkkk

Responder

Elza de Oliveira Bastos

Muito positivo, a análise das respostas das questões.

Responder

Orlando

É o contrário. Ética é teoria e moral é prática!

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>