Veja Outras Funções Orgânicas – Cetonas e Aldeídos

No artigo anterior, vimos como é possível identificar álcoois e ácidos carboxílicos a partir de uma cadeia carbônica, agora, seguindo com as funções orgânicas, vamos compreender as características dos aldeídos e das cetonas.

Quando uma cadeia possui um grupo carbonila, ou seja, um átomo de carbono fazendo uma ligação dupla com um átomo de oxigênio (C = O), ligado a dois carbonos, temos uma cetona. Deste modo, esta cadeia terá no mínimo três carbonos, sendo que o central compõe a carbonila. Para nomeá-la, podemos seguir os passos dos hidrocarbonetos, porém com sufixo “ona”. No exemplo abaixo temos uma cadeia com três carbonos, apenas ligações simples e uma carbonila entre dois carbonos, portanto chamamos propanona, composto conhecido comercialmente como acetona e que forma a menor cadeia possível para uma cetona.

Quando a carbonila se encontra em uma das extremidades da cadeia, temos um aldeído. Sua nomenclatura também é feita seguindo o modelo dos hidrocarbonetos, porém com sufixo “al”. No exemplo abaixo, podemos observar que há três átomos de carbono, assim como no aldeído acima, somente ligações simples, entretanto a carbonila localiza-se em uma extremidade, logo, denominamos propanal.

É importante ressaltar que, como o grupo funcional estará sempre nas extremidades no caso dos aldeídos, não é necessário numerar a posição deste, ao contrário da cetona, na qual quando houver mais de quatro carbonos é essencial numerar o carbono que compõe a carbonila para que seja possível compreender a cadeia somente a partir do seu nome, como é possível observar no exemplo abaixo, o qual representa a 3-pentanona, ou seja, possui cinco carbonos na cadeia principal, apenas ligações simples entre carbonos e um grupo carbonila no meio da cadeia.

É interessante citar que os aldeídos possuem odores diferenciados de acordo com a sua massa molar. Quando esta é baixa, o composto possui um odor forte e desagradável e conforme ela aumenta, o odor se torna mais agradável.

Nos próximos artigos, estudaremos outras funções orgânicas, como estér, éter, amina, amida e fenol. Até lá!

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *