Veja os Conceitos de Átomos Isótopos, Isótonos e Isóbaros

Dando continuidade ao estudo do átomo e de suas estruturas, analisamos agora a variação das características do átomo (número atômico, número de massa e número de nêutrons).

Isótopos

Já sabemos que o número atômico é a identidade do átomo, é o que lhe confere características particulares. Nesse sentido, átomos que apresentam o mesmo número atômico pertencem obrigatoriamente ao mesmo elemento químico. É exatamente dessa concepção que surge a ideia de isótopos.

Isótopos são átomos que apresentam o mesmo número de prótons (mesmo número atômico) e por isso são obrigatoriamente pertencentes ao mesmo elemento químico. Isótopos apresentam ainda números diferentes de massa e de nêutrons.

Exemplo:
O Hidrogênio apresenta três isótopos, portanto todos possuem o mesmo número atômico Z (no caso do hidrogênio, Z=1), contudo há variações no número de massa e de nêutrons.

1H (prótio) 1D (deutério) 1T (trítio)

Note que o número de prótons é exatamente o mesmo, contudo temos variações nos números de massa e de nêutrons. O prótio tem massa igual a 1, o deutério tem número de massa A= 2 e o trítio tem A=3. Apesar de receberem nomes especiais, todos são Hidrogênio.

Muitas vezes apontada por químicos, a “água pesada” nada mais é do que uma “água formada por deutério” (D2O). O termo “pesada” é uma alusão ao fato de haver uma variação na massa em relação a uma molécula de água comum (H2O).

Existem ainda os isótopos do Carbono com variação nos números de massa de 12 a 14, o “carbono 14” é inclusive uma variação isotópica muito utilizada nos estudos arqueológicos. Há também isótopos do Oxigênio, do Flúor e de outros elementos.

Isótonos

Isótonos são átomos que têm o mesmo número de nêutrons, mas diferentes números de massa e de prótons. Assim, não pertencem ao mesmo elemento químico.

Exemplo:
1939K e 2040Ca (Realizando os cálculos pela relação A= n + p, chegamos à conclusão de que ambos têm 20 nêutrons e são, conseguintemente, isótonos).

Isóbaros

Por último, mas não menos importante, existem os isóbaros, átomos que têm o mesmo número de massa, mas diferentes números de prótons e nêutrons. Dessa forma, não pertencem ao mesmo elemento químico.

Exemplo:
614C e 714N

Perceba que os dois elementos (carbono e nitrogênio) possuem o mesmo número de massa A= 14. Contudo diferem quanto aos prótons e nêutrons. São isóbaros.

Resumindo:

  • Isótopos – mesmo número Z, mesmo elemento químico, A e N diferentes.
  • Isótonos – mesmo N, elementos químicos diferentes, Z e A diferentes.
  • Isóbaros – mesmo A, elementos químicos diferentes, N e Z diferentes.

Obs: existem também os isoeletrônicos, átomos que têm o mesmo número de elétrons, mas A, Z e N diferentes. Contudo, dificilmente aparecem em vestibulares.

Gostou? Então continue nos acompanhando.

Até a próxima!

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




2 Comentários

Entendendo a datação através do carbono 14 • infoEnem | infoEnem

[…] nada vamos falar do fator principal para datação, que é o carbono 14. O carbono 14 é um dos isótopos do carbono, sendo o mais difícil de ser encontrado (apenas 0,001% da totalidade do planeta!). […]

Responder

Alfredo Tomas

Esta optimo

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *