Veja 5 Universidades do Reino Unido que utilizam o Enem

Estudar fora do país é um sonho que parece muito distante para inúmeras pessoas. E não é a toa, afinal a mudança de país envolve diversos fatores que dificultam demais a realização desse desejo. Entretanto, a realidade para os estudantes brasileiros, ano após ano, vem alterando esse panorama e trazendo diversas novas oportunidades e possibilidades.

Tanto é verdade que, conforme já trouxemos em outros artigos, muitas pessoas nem imaginam que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que muitas vezes esses estudantes fazem na sua respectiva cidade e sem nenhum custo, pode ser sua porta de entrada numa instituição de ensino superior internacional. Clique aqui e veja exemplos de universidades portugueses que utilizam o Enem para selecionar estudantes brasileiros.

Entretanto, não são apenas universidades portuguesas que consideram o exame nacional brasileiro.

Você sabia que seu desempenho Enem pode ser utilizado também em instituições de ensino superior no Reino Unido? Sim, é isso mesmo. Há diversas universidades por lá que levam em consideração as notas do Enem para os participantes brasileiros que desejam realizar algum de seus cursos.

É importante ressaltar que não há um padrão de utilização das notas. Ou seja, cada universidade tem sua própria ( e geralmente criteriosa) maneira de selecionar seus estudantes, atribuindo pesos e avaliações diversas para constituir uma nota final ou para realizar, de fato, a seleção dos candidatos.

Por isso, o infoEnem traz uma lista de 5 universidades do Reino Unido onde você poderá utilizar suas notas do Enem. Ah! Antes de continuar, você sabe quais são os países que formam o Reino Unido? Caso a resposta seja negativa, clique aqui e confira um artigo que esclarecerá todas as suas dúvidas sobre essa pequena “questão geográfica” da referida região. Afinal, conhecer a diferença entre Reino Unido, Inglaterra e a Grã Bretanha é importante não apenas para decidir seu futuro acadêmico e sim como conhecimento geral.

Agora sim. Vamos conhecer essas instituições?

1- University of Bristol

Um das universidades mais famosas do planeta, a Universidade de Bristol tem regras bastante específicas para selecionar os brasileiros que futuramente estudarão por lá.

E para selecionar, temos dois casos.

O primeiro é necessário que o interessado tenha concluído o ensino médio e que ele tenha o certificado em mãos, além disso a nota do ENEM precisa estar acima da nota de corte e ter concluído o programa de foundation (um ano introdutório em que o candidato fica no Reino Unido estudando o sistema de ensino do país).

Já para o segundo caso, o interessado necessita ter ótimas médias no primeiro ano de uma graduação (licenciatura e bacharel) numa instituição de ensino daqui do Brasil.

Para mais informações sobre a University of Bristol, clique aqui.

2 – University of Oxford

Outra conhecidíssima instituição britânica, a renomada Universidade do Oxford, tem uma lista de qualificações exigidas para todos os interessados estrangeiros, conforme o país de origem de cada um.

Para os brasileiros, a referida universidade exige, além do certificado de conclusão do ensino médio, uma nota de admissão universitária, sendo ela o vestibular tradicional da instituição ou mesmo o desempenho no Enem. Vale ressaltar que para a Universidade do Oxford, a seleção é extremamente alta. Para se ter uma ideia, são quase 20 mil candidatos para 3250 vagas. Em outras palavras, uma concorrência bastante elevada.

Para mais informações sobre a University of Oxford, clique aqui.

3 – Kingston University

Já na Universidade de Kingston, o estudante brasileiro interessado num de seus cursos necessita ter, além do certificado de conclusão do Ensino Médio, notas superiores as médias obtidas pelos outros estudantes. E não é só isso. A referida universidade também exige que o candidato tenha atingido, pelo menos, 55% da nota do ENEM ou ter um diploma de bacharel internacional.

Pensa que acabou? Ainda não. A Universidade de Kingston analisa cada inscrição individualmente.

Para mais informações sobre a Kingston University , clique aqui.

4 – University of Glasgow

A Universidade de Glasgow, que se localiza na maior cidade da Escócia, recebe estudantes do Brasil mesmo antes do Exame Nacional do Ensino Médio existir. É isso mesmo. Para se ter uma ideia, o primeiro brasileiro a estudar lá foi o carioca Ignacio Josep de Araújo Vieira. Desde então, mais de 70 estudantes brasileiros cursaram a universidade.

Atualmente, a Universidade de Glasgow utiliza o desempenho no ENEM para admitir os interessados no programa de foudation. Vale destacar também que ela aceita um Bacharelado Internacional com 30 e 34 pontos para a admissão direta na maioria das escolas.

Para mais informações sobre a University of Glasgow , clique aqui.

5 – Birkbeck University of London

Essa instituição, que faz parte da Universidade de Londres, tem como diferencial as aulas que são ministradas no período noturno, fato que facilita bastante quem pensa (e precisa) trabalhar no horário comercial.

Quanto ao processo de seleção, os estudantes brasileiros interessados tem 3 formas de tentar serem aceitos:

No primeiro, os interessados necessitam ter certificado de conclusão do ensino médio para serem admitidos no foundation. Concluído o primeiro ano, o estudante ingressa automaticamente na universidade.

Já no segundo caso, os brasileiros interessados cursam apenas o primeiro ano da graduação com média mínima de 7,5.

E por último, no terceiro caso, serão aceitos candidatos que tenham diploma de Bacharelado internacional com a pontuação variando entre 28 e 30 pontos. Esses, levam a admissão automaticamente.

Para mais informações sobre Birkbeck University of London , clique aqui.

 

E ai? Você ainda acha impossível ser aprovado, via nota do Enem, numa dessas renomadas universidades? E quem sabe posteriormente estudar numa dessas grandes instituições?

Sim, é possível e você pode. E a nota do Enem provavelmente seja o melhor caminho.

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *