Unimontes Deve Aderir ao Sisu 2016 do Primeiro Semestre

A Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), no estado de Minas Gerais, deve aderir ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para ingresso no primeiro semestre de 2016. O sistema do Ministério da Educação (MEC) utiliza unicamente as notas do Exame Nacional do Ensino Médio para classificação de estudantes.

Para viabilizar o processo de adesão ao Sisu, o reitor João dos Reis Canel instituiu portaria que cria um grupo de trabalho para atuar junto à comunidade acadêmica, acolhendo propostas e sugestões das diretorias de centros e departamentos da Unimontes. Tal grupo é constituído por docentes da instituição, tendo como um de seus objetivos decidir a porcentagem e número de vagas que serão disponibilizada via Sisu.

Presidenta da equipe, a pró-reitora adjunta de Ensino, Francely Aparecida dos Santos, explica que, com base em estudos, sugestões e reuniões, uma proposta oficial de adesão ao sistema será enviada ao MEC para aprovação. Ela também esclarece que a principal meta é aperfeiçoar o ensino da universidade mineira:

Com a adesão ao Sisu, a proposta da Unimontes é aprimorar cada vez mais a qualidade do ensino superior.

A adesão integral (todas as vagas) ou parcial do Sisu 2016 ainda não foi decidida. De qualquer forma, como trata-se da edição para ingresso no primeiro semestre do ano que vem, já é certo que serão aproveitadas as notas do Enem 2015, cujas inscrições estão previstas para o próximo mês de maio.

Vale lembrar que a utilização do Sisu já foi aprovada pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepex) e pelo Conselho Universitário (Consu) da instituição.

Até este último vestibular (2015) a Unimontes utilizou a pontuação do Enem de forma opcional, somando percentual da nota final dos candidatos no processo seletivo tradicional. O Programa de Avaliação Seriada (PAES) não aproveita o desempenho no exame.