Unicamp Estuda Possibilidade de Adesão Parcial ao Sisu

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) estuda aderir a formas alternativas de ingresso, além do Vestibular tradicional, incluindo o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que utiliza exclusivamente as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como critério de seleção.

Da mesma maneira como ocorreu com a Universidade de São Paulo (USP), que aprovou recentemente a adesão parcial ao Sisu, o principal fator para adoção do sistema do governo pela Unicamp é acelerar o crescimento da taxa de estudantes cotistas na instituição.

Desde 2013 a universidade tem como meta atingir o índice de 50% de matriculados oriundos de escolas públicas e 35% para os autodeclarados pretos, pardos e indígenas, até o ano de 2017. Vale esclarecer, entretanto, que o Vestibular 2015 registrou queda de mais de 20% na quantidade de matrículas de selecionados que cursaram todo o ensino médio na rede pública.

De acordo com Luís Alberto Magna, pró-reitor de graduação, o Sisu pode ser um dos mecanismos necessários para que o objetivo colocado pelo Conselho Universitário (Consu) seja atingido dentro do prazo determinado.

A meta foi estabelecidade de acordo com a realidade daquele momento […]. Se com base no resultado de 2016 nós vislumbrarmos que isso torna-se meta difícil de ser atingida pela metodologia atual […], com a revisão dos estatutos, e nós teremos novos, o vestibular deixa de ser único mecanismo de ingresso.

Atualmente a Unicamp seleciona seus novos estudantes exclusivamente por meio do Vestibular realizado pela Comvest (Comissão Permanente para os Vestibulares), que aproveita o demsempeno do Enem para composição de pequena porcentagem da nota dos candidatos na primeira fase.

Fonte: g1.globo.com

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




2 Comentários

Ediqueila

Tomara mesmo sera uma otima oportunidade

Responder

Cristiane

Que a Unicamp faça isso mesmo !

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *