UERN utilizará Enem e PSV em seu Vestibular 2015

Algum tempo após anunciar a adesão integral ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) – que utiliza as notas do Enem como critério único para aprovação de novos estudantes – a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN) voltou atrás de sua decisão, que seria válida já para o Vestibular 2015.

Com a nova medida o preenchimento das vagas do próximo ano será feito de duas formas, sendo que 40% dos seus alunos serão selecionados através do Processo Seletivo Vocacionado Integrado (PSVI), enquanto os outros 60% serão aprovados através do sistema do Ministério da Educação (MEC), o Sisu.

A decisão foi tomada na última quarta-feira (27), em reunião extraordinária organizada pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe). A forma de seleção mista foi aprovada por 15 votos a favor, 2 abstenções e nenhum voto contra.

Vale esclarecer que esta alteração nos critérios de seleção da UERN foi tomada após recomendação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), feita há algumas semanas. Na oportunidade, o MP justificou a solicitação pelo fato do Consepe ter anunciado a adesão integral ao Sisu no final do prazo de inscrições para o Enem 2014, prejudicando aqueles que não haviam se inscrito no exame e planejavam ingressar na instituição.

A decisão, entretanto, não agradou a todos. “Abstive-me de votar pelo sistema misto porque entendo que os alunos já estão acostumados com o ENEM e também porque, com essa nova forma, a UERN vai perder recursos”, afirmou um estudante que participou da reunião.

O MEC estimula a adesão ao Sisu aumentando as verbas para universidades que aderem ao sistema. Com o processo seletivo misto, a UERN receberá 300 mil reais a menos do que receberia se tivesse mantido a adesão integral ao sistema, que deve ocorre somente no ano de 2016.

Para o reitor da universidade, Pedro Fernandes, a decisão do Consepe seguindo a recomendação do Ministério Público não feriu a autonomia da instituição. “A UERN tem insistido no diálogo com todas as instâncias”, explicou.

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *