Travestis e Trans Podem Solicitar Nome Social no Enem 2016

Conforme determinado pelo Edital do Enem 2016, os candidatos transexuais ou travestis que pretendem ser identificados pelo nome social nos dias das provas podem fazer a referida solicitação no prazo que inicia hoje (01) e segue até 8 de junho.

Realizando tal procedimento, esses participantes serão tratados pelo nome de identificação pessoal nos dias das provas, e não pelo registrado em seu documento de identidade (RG) e Cadastro de Pessoa Física (CPF).

Para realizar o requerimento, primeiramente era necessário ter indicado o interesse em tal opção durante o período de inscrições do exame nacional. Aqueles que o fizeram, devem acessar a página do participante no sistema do Enem, realizar o login com o número de inscrição e a senha e então preencher o formulário específico disponível, acompanhado de foto e documento de identificação.

Vale esclarecer que, além do tratamento pelo respectivo nome social, os candidatos que fizerem a solicitação também terão garantido o direito ao uso do banheiro referente ao gênero com o qual se identificam nos locais de realização do exame.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) implementou a possibilidade de uso do nome social para candidatos travestis e transexuais a partir do Enem 2014, quando 102 pessoas utilizaram esse direito. Na edição passada este número subiu 278.

Fonte: Agência Brasil

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *