Tinha Lido, Tinha Ido, Tinha … Chego? Ou Tinha Chegado?

‘Pensei que tinha chegado minha hora’, disse a mulher que escapou de incêndio.

E o leitor fica em dúvida…teria a mulher se expressado corretamente? (ou teria a mulher se expresso correamente?).

A dúvida é frequente, mas o correto é “chegado”, já que o verbo chegar apresenta único particípio na norma culta, tanto no Brasil quanto em Portugal.

Existem alguns verbos com duplo particípio, chamados verbos abundantes. Expressar, imprimir, aceitar e gastar são alguns deles, mas chegar não pertence a esse grupo.

A forma “chego” é uma criação popular presente em diferentes regiões de nosso país, em frases como “Na hora da chamada, eu ainda não tinha chego”, mas essa não é uma forma aceita (e não ‘aceitada’) entre os gramáticos nem tem respaldo na obra de autores renomados.

Outra forma verbal que segue o mesmo padrão de ser ‘fora do padrão’, ou seja, também não tem aceitação pela norma culta é o “trago”, em frases como “Vi que ela tinha trago (por ‘trazido’) o dinheiro”.

Existe, porém, uma regularidade nesse erro: trazer e chegar tem, no presente do indicativo da primeira pessoa do singular, as formas ‘eu chego’, ‘eu trago’, como acontece com os verbos de duplo particípio aceitar, gastar, pagar: “eu aceito / tinha aceito”, “eu gasto / tinha gasto” entre outros.

Bem, agora que sabemos que chegar e trazer NÃO têm duplo particípio, como empregar corretamente os que apresentam essa característica?

O emprego não é aleatório, ou seja, não podemos usar qualquer uma das formas. Devemos observar com atenção o verbo auxiliar com o qual eles formarão uma locução. Assim:

  • Com TER ou HAVER – particípio regular
  • Com SER OU ESTAR – particípio irregular (o ‘mais curtinho’)

Ou ainda, pensemos assim; quando a frase está na VOZ ATIVA e o verbo, conjugado num tempo composto, empregamos o particípio regular:

O fazendeiro tinha (havia) expulsado o lobo.
O fiel tinha (havia) acendido uma vela.

E quando tivermos uma frase na VOZ PASSIVA, em que se forma locução com o auxiliar ser, teremos o seguinte:

As ovelhas foram mortas pelo lobo.
A encomenda será entregue ainda hoje.

E quando tiver chegado a hora de você empregar esses verbos, não haverá mais dúvidas!

Até a próxima semana! 

 


Margarida Moraes é formada em Letras pela Universidade de São Paulo (USP). Com mais de 20 anos de experiência, corretora do nosso Curso de Redação Online (CLIQUE AQUI para saber mais) e responsável pela resolução das apostila de Linguagens e Códigos do infoEnem, a professora é colunista de gramática do nosso portal. Seus textos são publicados todos os domingos. Não perca!

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *