Questão exemplo (Geografia) da Apostila Enem 2013

Exemplo de Questão de Geografia para a Apostila Enem 2013

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio de 2013 ainda não têm data definida, porém, como muitos já devem saber, o exame provavelmente será aplicado em outubro ou novembro.

Portanto, temos pelo menos seis meses até a chegada do Enem 2013. Parece muito tempo, mas para aqueles que REALMENTE querem conseguir uma boa nota, a temporada de estudos já começou.

Quem acompanha o infoEnem sabe que semanalmente publicamos artigos com dicas valiosas que auxiliam na preparação para as disciplinas evolvidas nas áreas do exame, inclusive a redação.

A dica de hoje é para que você conheça nossas Apostilas preparatórias para o Enem 2013. Lançado a um mês atrás, nosso material tem como proposta especializar o estudante no modelo de prova trazido pelo Enem.

Para isso, nossa equipe de professores, altamente gabaritados, resolveu e comentou as últimas 4 edições do exame (2009 a 2012). Ao todo oferecemos 735 questões! Resolver todas elas e posteriormente estudar as resoluções/comentários presentes em nossas apostilas é, sem sombra de dúvida, uma das melhores estratégias de preparação para o exame.

Sem mais delongas, trazemos hoje um exemplo de questão de Geografia presente em nossas apostilas. Esta, assim como todas as outras questões da disciplina, foram resolvidas pelo professor Bruno Picchi, graduado em Geografia (Licenciatura e Bacharelado) pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) de Rio Claro e mestre pela mesma instituição.


Enem 2012 – Questão 21

A moderna “conquista da Amazônia” inverteu o eixo geográfico da colonização da região. Desde a época colonial até meados do século XIX, as correntes principais de população movimentaram-se no sentido Leste-Oeste, estabelecendo uma ocupação linear articulada. Nas últimas décadas, os fluxos migratórios passaram a se verificar no sentido Sul-Norte, conectando o Centro-Sul à Amazônia.

OLIC, N. B. Ocupação da Amazônia, uma epopeia inacabada. Jornal Mundo, ano 16, n. 4, ago. 2008 (adaptado).

O primeiro eixo geográfico de ocupação das terras amazônicas demonstra um padrão relacionado à criação de

a) núcleos urbanos em áreas litorâneas.
b) centros agrícolas modernos no interior.
c) vias férreas entre espaços de mineração.
d) faixas de povoamento ao longo das estradas.
e) povoados interligados próximos a grandes rios


RESOLUÇÃO E COMENTÁRIOS

QUESTÃO 21

Alternativa E

O fluxo migratório em questão, de ocupação linear articulada com movimentação Leste-Oeste, apresenta elementos históricos e fatores físico-geográficos de importante relevância para o entendimento da dinâmica deste deslocamento populacional.

O primeiro eixo geográfico de ocupação de terras amazônicas, elemento central da questão, remete ao Ciclo da Borracha, ocorrido no século XIX. Em busca de melhores condições de vida, agravado principalmente por períodos de estiagem, migrantes oriundos da região Nordeste seguiram rumo à região Norte, suprindo a necessidade de mão de obra nos seringais. A formação dos povoados interligados próximos a grandes rios, constituindo comunidades ribeirinhas, está relacionada a este ciclo econômico. Tal ciclo teve o seu término na década de 1920, em razão da concorrência do preço do látex extraído na Ásia, assim como pela falta de investimento e estímulo por parte do governo.

O segundo fluxo migratório, sentido Norte-Sul, está relacionado com o processo de industrialização da região Sudeste, com destaque para o estado de São Paulo, especialmente a partir da segunda metade do século XX.

Como pode ser observado, é característico o sentido Leste-Oeste no fluxo migratório de população da região Nordeste sentido a região Norte, com destaque ao período do Ciclo da Borracha (séc. XIX – XX).

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




3 Comentários

nilza

Muitíssimo bom…

Responder

Rosemary Fonseca

Ótimas consultas encontramos aqui.

Responder

nilza

Muitíssimo bom…

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *