Quadrilha suspeita de fraude no Enem e vestibulares é presa em MG

A Polícia Civil e o Ministério Público Estadual realizaram operção conjunta para prender quadrilha suspeita de fraudar vestibulares de medicina e o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A ação ocorreu neste último domingo (23) durante o Vestibular da Faculdade de Ciências Médicas em Belo Horizonte (MG).

De acordo com informações da própria Polícia, 33 pessoas foram detidas, sendo 11 integrantes da quadrilha e 22 candidatos suspeitos de contratar o serviço, que chegava a custar entre 70 e 200 mil reais por vaga.

Ainda conforme a corporação, as investigações já duravam certa de 7 meses, o que indica que a fraude deve envolver a edição de 2013 do Enem. Entre os objetos apreendidos haviam comprovantes de depósito, cadernos de provas e gabaritos do exame.

A Polícia Civil esclareceu que o grupo enviava pessoas (chamadas pilotos) para realizar as provas, as quais respondiam parte das questões e saiam rapidamente das salas com as respostas, que eram repassadas para os candidatos por meio de modernos equipamentos de transmissão eletrônica, que teriam sido importados da China por cerca de 200 mil dólares.

Os candidatos poderão responder por fraude enquanto os integrantes da quadrilha poderão ser indiciados por fraude e organização criminosa. A operação foi nomeada Hemostase II e terá seu resultado divulgado nos próximos dias.

Até o momento não há indícios de que as ações de tal quadrilha tenham alguma relação com o suposto vazamento do tema da redação do Enem 2014 no Piauí e Ceará, que teria ocorrido horas antes da prova de domingo (9 de novembro) e segue sob investigação da Polícia Federal.

Fonte: G1

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *