Primeiras Civilizações – Egípcios

Depois de entender um pouco sobre a Mesopotâmia, vamos agora compreender outra civilização extremamente importante, a egípcia.

A região ocupada por tal civilização, atual Egito, caracteriza-se pelo clima árido, com sua extensão quase totalmente desértica. Portanto, assim como os mesopotâmicos, os egípcios se fixaram em um local próximo a um grande rio, que neste caso foi o Nilo.

Esta localização propiciava a economia agrícola em virtude das cheias que tornavam o solo fértil, a construção de sistemas de irrigação, assim como os mesopotâmicos, e o transporte.

A sociedade era liderada pelo Faraó, representante dos deuses na Terra. Portanto, eram politeístas. Seus deuses eram antropomórficos, uma união de homem e animal, ou tinham apenas a forma de animal, zoomórficos. Além de ter o rei como uma figura religiosa, as crenças eram muito presentes na vida da sociedade, que acreditava na reencarnação e fazia rituais de mumificação, de modo que, assim que morriam, eram preparados para que tivessem o necessário quando voltassem à vida.

Havia também o Livro dos Mortos, conjunto de escritos em papiro, em que eram dadas as orientações sobre qual caminho seguir quando morrer, como por exemplo no Tribunal de Osíris, em que o destino da pessoa seria definido de acordo com uma balança em que de um lado era colocado o coração e do outro uma pena. Se o coração pesasse mais, a pessoa seria punida. Do contrário, poderia alcançar o reino sagrado.

egipcios

Também inspirados na religião, os egípcios foram grandes construtores, edificando as enormes pirâmides para servir como túmulos aos faraós.

Além da construção, esta civilização desenvolveu ainda importantes conhecimentos medicinais, devido aos rituais de mumificação, em que os órgãos eram retirados, mas de forma não prejudicial ao corpo, já que este seria utilizado posteriormente; químicos, devido às substancias utilizadas nesses processos; matemáticos, para a construção e comércio; e astronômicos, para planejar a agricultura de acordo com o período de cheias; e a escrita, composta por hieróglifos.

Já em relação aos períodos, há uma divisão em Pré-Dinástico e Dinástico. O primeiro representa a época anterior ao surgimento da primeira dinastia faraônica, quando a sociedade se dividia em nomos e era comandada por nomarcas. O último era dividido em Antigo Império, caracterizado pelo início da unificação dos reinos, feita pelo primeiro faraó, Menês, Médio Império, quando houve a invasão dos hicsos e Novo Império, caracterizado pelo expansionismo egípcio e por faraós importantes como Tutmés III e Ramsés II.

Outro aspecto importante da civilização foi a arte, também influenciada pela religião e por meio da qual se obteve grande parte do conhecimento da cultura desse povo. As pinturas, realizadas nas paredes das pirâmides, representavam as pessoas sempre com a cabeça e as pernas de perfil e o tronco de frente e a as esculturas, realizadas muitas vezes em ouro, representavam os deuses.

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *