Presidente de Órgão Responsável Pelo Enem Deixa Cargo

Na manhã desta terça-feira, 1o de março, Francisco Soares pediu demissão do cargo de presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), que é o órgão do governo responsável pela organização, logística e aplicação do Enem.

O ex-presidente tinha sido convidado a função no início do ano de 2014, pelo então Ministro da Educação Henrique Paim. De acordo com Chico Soares, apelido pelo qual é tratado, a sua exoneração foi motivada por desentendimentos e questões pessoais.

Segundo matéria publicada no Portal de Educação da UOL, o relacionamento de Soares com os servidores do Inep estava desgastado, resultando em falta de apoio interno. Conforme palavras de um dos diretores executivos do Assinep, associação dos servidores do instituto, o ex-presidente “perdeu condições de governança”.

chico_soares

Em resposta ao ocorrido, a assessoria de imprensa do Inep divulgou em nota, no mesmo dia do abandono de Chico ao cargo, um comunicado informando que o nome de um substituto para presidir a autarquia será anunciado nos próximos dias, o que deve garantir que não haverá nenhum prejuízo para o Enem 2016.

Além do Exame Nacional do Ensino Médio, também é função do Inep a elaboração/aplicação de outros concursos federais como a Prova Brasil para educação básica e o Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes), para o ensino superior. Cabe ainda ao instituto criar os indicadores de qualidade de educação como o Ideb (Índice da Educação Básica) e o Enem por escola, bem como os censos da educação básica e superior.

Compartilhar

2 Comentários

Liliana salvat

Bom dia !¡
Meu filho perdeu a inscrição do Enem este ano 2017 .
Eu consigo pagar a inscrição de alguma forma ?
Por favor me ajude .

Responder

Instituto Que Conduz Enem Tem Novo Presidente - InfoEnem

[…] No início deste mês de março anunciamos, aqui no Portal infoEnem, que o então presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Francisco Soares, havia deixado o cargo por indisposições e questões pessoais (veja a notícia). […]

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *