Possíveis Temas Redação Enem 2018: Síndrome de Down

Ontem, dia 21 de março, foi comemorado o Dia Internacional da Síndrome de Down. A data comemorativa foi criada para dar visibilidade às pessoas que nasceram com a trissomia do cromossomo 21 e assim defender seus direitos à inclusão na escola comum, no mercado de trabalho e nas demais esferas sociais em condições de igualdade.

Por este motivo, a publicação de hoje é dedicada à Síndrome de Down. No Brasil, há cerca de 300 mil pessoas com a trissomia do cromossomo 21 e todas elas precisam e merecem ter a devida atenção do Estado e da sociedade civil. E como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) abordou, em 2017, os desafios da educação de surdos, pensamos que a prova de redação pode abordar outros grupos de inclusão, como os portadores da Síndrome de Down, por exemplo.

A Síndrome de Down acarreta em deficiência intelectual em vários níveis, digamos assim. Falando de um modo simples, há pessoas com Síndrome de Down com um comprometimento maior e outras com um comprometimento menor; o mesmo ocorre em relação a problemas cardíacos, motores etc.

Há crianças que, logo que nascem, precisam ser operadas do coração, enquanto outras não, mas todas necessitam de um acompanhamento multidisciplinar com fonoaudiólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, médicos geneticistas, nutricionistas etc.

Porém, é precisar salientar que a Síndrome de Down não é uma doença. As pessoas com tal síndrome são capazes de levar uma vida como de uma pessoa que não a possui: estudar, trabalhar, circular em todos os espaços sociais etc. Tudo depende de quanto a criança é estimulada desde bebê.

A inclusão escolar é garantida por lei (artigo 8º da Lei 7.853/89) e o Enem atende especialmente participantes com Síndrome de Down, deixando-os fazer as provas em salas isoladas, com o acompanhamento de monitores e fiscais próprios; os pais ou responsáveis podem esperar do lado de fora, no corredor, por exemplo.

No entanto, infelizmente, ainda vemos que a maioria das escolas não estão preparadas para incluir os alunos com Síndrome de Down, assim como as universidades e faculdades brasileiras; também não vemos a maioria das pessoas com Síndrome de Down no mercado de trabalho por falta de estrutura e preparo das empresas, mas também por conta do preconceito.

Deste modo, retomando a prova de redação do Enem, pensamos que existe a possibilidade de o exame abordar o tema da Síndrome de Down em relação a inclusão na escola, no ensino superior e no mercado de trabalho. Para maiores informações, seguem alguns sites que são referência no assunto:

 


*CAMILA DALLA POZZA PEREIRA é graduada em Letras/Português e mestra em Linguística Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Atualmente trabalha na área da Educação exercendo funções relacionadas ao ensino de Língua Portuguesa, Literatura e Redação. Foi corretora de redação em importantes universidades públicas e do Curso Online do infoEnem. Além disso, também participou de avaliações e produções de vários materiais didáticos, inclusive prestando serviço ao Ministério da Educação (MEC).

 
**Camila é colunista semanal sobre redação do nosso portal. Seus textos são publicados todas as quintas!

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *