Os números da redação do Enem 2014

No mês de janeiro foram divulgados os resultados individuais do Enem 2014 (Exame Nacional do Ensino Médio) assim como o seu balanço com os números que expressam o desempenho dos candidatos em cada área de conhecimento e na redação. E foram, justamente, os dados da correção da redação que impressionaram a mídia e a população como um todo, incluindo educadores de todos os segmentos.

A proposta de redação que teve como tema a questão da publicidade infantil no Brasil parece ter prejudicado grande parte dos candidatos que não o dominavam, que não conheciam esta problemática até então, já que a maioria dos textos foi anulada devido a fuga do tema (217.339).

Quanto a abordagem que citava as crianças que trabalham na publicidade, alvo de publicações do InfoEnem e de perguntas de leitores, fontes confiáveis confiram que tratou-se, na correção, como tangenciamento de tema, já que esta poderia ser uma estratégia argumentativa no que concerne aos mecanismos que a publicidade recorre para atrair o seu público alvo, neste caso as crianças, mas não era a ponto principal do tema.

Mais de 13 mil redações foram anuladas por terem copiado os textos motivadores da coletânea textual, fenômeno que pode estar relacionado com a falta de informação e de conhecimento acerca do tema e, consequentemente, falta de repertório específico. Os textos motivadores, para os candidatos que não conhecem o tema, devem servir, justamente, para os candidatos conhecerem o tema, ficarem a par dele e terem ideias para a sua redação e não se apoiarem totalmente na coletânea e correrem o risco de copiá-la e terem seu texto anulado por conta disso.

O texto insuficiente, isto é, com menos de sete linhas foi o motivo que anulou 7.824 redações, já o não atendimento ao tipo textual pedido, a dissertação-argumentativa, anulou 4.444 textos; os que escreveram partes desconectadas, intencionalmente ou não, foram 3.362 candidatos e 955 pessoas feriram os direitos humanos e, por isso, obtiveram nota zero em suas redações.

 

Extraído de http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/os-erros-mais-comuns-de-quem-teve-a-redacao-anulada-no-enem.

Extraído de http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/os-erros-mais-comuns-de-quem-teve-a-redacao-anulada-no-enem.

Extraído de http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/os-erros-mais-comuns-de-quem-teve-a-redacao-anulada-no-enem.

Extraído de http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/os-erros-mais-comuns-de-quem-teve-a-redacao-anulada-no-enem.

 

O fato de que mais de meio milhão de candidatos obtiveram nota zero na redação do Enem 2014 chamou muito a atenção de todo o país; por outro lado, apenas 250 redações obtiveram a nota máxima de 1000 pontos. A maioria dos candidatos ficou na média, ou seja, obteve a nota entre 501 e 600 pontos; estamos falando de 1.515.007 redações que ficaram no nível razoável.

Este resultado é semelhante a resultados de anos anteriores e é diferente de resultados de correções de redações de vestibulares nas quais é importante haver a curva de notas que contém todas os níveis de pontuação, já que o objetivo dos vestibulares é selecionar.

No Enem, o objetivo é, essencialmente, avaliar os candidatos, mas para o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) a seleção está, inclusive, no nome e a impressão que temos é que o Enem “peneirou”, por meio de sua prova de produção escrita, como um vestibular. Vale lembrar que a redação, no Enem, representa 20% da nota total.

 


*CAMILA DALLA POZZA PEREIRA é graduada e mestranda em Letras/Português pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Atualmente trabalha na área da Educação exercendo funções relacionadas ao ensino de Língua Portuguesa, Literatura e Redação. Foi corretora de redação em em importantes universidades públicas. Além disso, também participou de avaliações e produções de vários materiais didáticos, inclusive prestando serviço ao Ministério da Educação (MEC).

**Camila também é colunista semanal sobre redação do infoEnem. Um orgulho para nosso portal e um presente para nossos milhares de leitores! Seus artigos serão publicados todas às quintas-feiras, não percam!

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *