O que Fazer na Reta Final de Estudos Para o Enem?

Na reta final de estudos para o Enem, os candidatos estão prestes a lidar com o desafio de várias questões com longos enunciados, o que demanda muita atenção.

Como o exame tem grande importância e está próximo (dias 5 e 12 de novembro), trazemos na sequência dicas especiais para a última arrancada na preparação para as provas.

1 – A Dica é Compreender, e Não Decorar

Já que o Enem busca a verificação das habilidades de compreensão e interpretação, a recomendação é que o estudo não se resuma a apenas decorar. Assim, a sugestão é praticar leitura panorâmica em relação ao material de estudo para que o assunto seja compreendido de modo geral.

Marcar palavras-chave e trechos que parecem ter maior importância, construir esquemas únicos com tais palavras e por em prática o que aprendeu através dos exercícios também é fundamental.

2 – Estar Atualizado

O imprescindível em tal etapa se encontrar atualizado acerca dos acontecimentos no país e no planeta. Para tal, é interessante ler revistas, acompanhar jornais e material na internet. Através deste exercício, o candidato terá tempo suficiente para procurar argumentos críticos que vão poder ter serventia de base à redação, além de auxiliar no entendimento da prova de modo completo.

3 – Aprendizado com Diversão

Neste momento o aluno não deve estudar todo o tempo de forma exaustiva. É mais que óbvio que a preocupação e nervosismo apenas vão atrapalhar em qualquer teste, e no Enem não é diferente. A dica agradável é reunir os amigos, preparar pipoca e assistir um filme interessante, podendo ser indicado pelo professor. Vários títulos acrescentam conteúdo em relação às matérias, especialmente Literatura, História e Geografia. Depois da sessão, os candidatos podem discutir e ligar o filme com o que aprenderam na aula.

4 – Ler Muito!

A leitura se caracteriza uma das melhores formas para estudo do Enem, tanto por oferecer exemplos da estruturação do texto como regras gramaticais.

No entanto, ler revistas de História, Ciências, Geografia e mais matérias possibilita acréscimo de informação e conteúdo, ainda que sejam relacionados aos conhecimentos entre disciplinas.

5 – Vale Cronometrar o Tempo

O Enem se mostra uma prova cansativa e longa, e é comum ter problemas com o tempo. Nesta fase, portanto, a dica é o candidato ter contato com as provas anteriores para que seja possível internalizar o formato de questões.

A sugestão é fazer seleção de determinadas questões encontradas nas provas antigas e solucioná-las, a cronometrar o tempo exigido, que deve se mostrar inferior a 3 minutos (entenda o porquê). Com o intuito de desenvolver a habilidade, o exercício pode ter repetição, e se deve ter como foco a tentativa de reduzir o tempo.

6 – Priorizar o Que é de Fato Mais Importante

Para quem for iniciar o estudo para valer apenas nesta fase final, a dica é dar prioridade ao que realmente importa. A recomendação é pesquisar acerca do que geralmente é assunto de prova em cada uma das matérias de estudo para “amenizar o prejuízo”.

7 – Identificar a Dificuldade

Resolver, na média, 3 questões semanalmente, além das propostas por colégios ou cursos. Depois de fazer os exercícios, verificar o gabarito e ter atenção maior nos itens errados do que nos acertos. Use esta estratégia para detectar a própria falha e, depois de entender qual a sua maior dificuldade, mobilize esforços para refazer mais questões que abordam seus pontos fracos.

8 – Saber Interpretar Questões

Dominar a interpretação não se resume apenas exigência da prova de Linguagem e Códigos. Tal capacidade possui o impacto inclusive em matemática, em que os enunciados geralmente são mais complexos.

A dica é buscar provas antigas do Enem (baixe aqui) e solucionar exercícios, sempre praticando duas leituras dos enunciados. Na leitura inicial, que se apresenta mais rápida, preste atenção com a parte final da pergunta. Na sequência, faça a leitura que se caracteriza mais minuciosa. É fundamental sempre ler toda a questão.

9 – Causas e Consequências

Nas questões, como por exemplo as de Ciências Humanas, a recomendação é preocupar-se com causas e consequências dos fatos. Estudar os motivos e ter ciência do contexto temporal.

Sobre acontecimentos da atualidade, busque entender as situações que geram preocupação a todos, sendo exemplo questões políticas, ambientais e corrupção, entre outros.

10 – Confiar e Seguir Adiante

É essencial valorizar o próprio esforço despendido até o momento. Tenha em mente que é necessário ter a calma nas situações difíceis, nos momentos em que existem dúvidas. E não se esqueça que, nessa reta final, a tranquilidade é ainda mais decisiva.

 


Turbine suas últimas semanas de estudos com as melhores Apostilas Enem 2017. Clique aqui e garanta já!

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *