Assembleia da UESPI questiona adesão ao Enem

Nesta terça-feira (27), ocorreu no Plenarinho da Assembleia Legislativa do Piauí, uma audiência pública para discutir a adesão da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) ao Exame Nacional do Ensino Médio e ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A UESPI colocou a pauta em votação no Conselho Universitário, no dia 29 de fevereiro, período não letivo. Sua aprovação gerou polêmica entre os professores, estudantes e o Poder Legislativo.

Segundo alguns docentes da Instituição esta alteração acarreta muitas desvantagens, entre elas a desvalorização da cultura piauiense. “As matérias como história, geografia e literatura serão prejudicadas, pois elas contêm muitas informações de nossa cultura, e com a utilização do Enem, os assuntos serão basicamente nacionais”, concluiu Daniel Solon, um dos docentes da universidade.

Após a reunião o reitor da UESPI, Carlos Alberto Pereira, disse em entrevista que desconhece uma universidade que aderiu ao Enem e depois desistiu da sua implantação, além de esclarecer que o regresso só será possível com a aprovação do pleno da universidade.

“Tiro a UFPI como exemplo. Primeiro eles aderiram apenas 50% e depois 100%. Vale lembrar que o nordeste todo está aderindo e se a UESPI não aderir, a concorrência vai aumentar”, explicou o Reitor.

Quando questionado a respeito do ingresso de estudantes da rede pública, Carlos Alberto esclareceu que o programa de cotas irá continuar e deve aumentar o percentual de vagas de 20% para 30% neste ano, mas que a possibilidade de sua extinção será estudada.

Já com relação às reclamações de alguns professores, o reitor respondeu que a adesão da UESPI ao Enem e Sisu interessa aos alunos que estão concluindo o ensino médio e não aos acadêmicos, e que a instituição é constantemente provocada a abrir suas portas para estudantes de outros estados e países.

 

Veja também:

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




3 Comentários

Wendy Moraes

Se a Uespi aderir ao enem a cultura piauiense seria estagnada,nao somente sua cultura mas toda sua historia vale resaltar que o Piaui em materia de disciplina escolar tem de sobra colocando em pratica culturas que poucos estudantes sabem,vejamos somente um ponto em Historia voce como aluno estuda o Piaui ? (Nao mas sabemos que praticipou ” de uma grande batalha “mas digam pra que saber da revolucao francesa ) nos piauiense deixamos ser influenciados por outras inovacoes achando que ganharemos com isso,mas saibam desde de ja que perderemos nossas origens deixandos enterrarem nos conhecimentos culturais de nosso estado .
Lembrem costumam ironizar o Piaui como um todo e nessa hora que podem mostra sua superioridade vao deixar serem inferiores. O vestibular tradicional era e é um dos mais concorridos e fora que nem todos conseguiam a dadiva de vitoria .
Peço-lhes apenas que repensem sobre essa situaçao.

Responder

amelia

se a uespi aderir ao enem ela quebra de vez….
nao ao enem

Responder

Felipe

TODOS OS ESTUDANTES DE TERESINA SAO CONTRA A ADESAO DA UESPI AO ENEM

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *