Muito Cuidado Com os Parônimos!

Os termos “sinônimos” e “antônimos” costumam ser conhecidos dos estudantes, estes denominando palavras de sentido oposto e aqueles referindo-se a palavras de sentido idêntico. Assim temos os pares “garoto/menino” sendo identificados como sinônimos e “claro/escuro” como antônimos.

Mas o que exatamente são os parônimos? PARônimos são palavras PARecidas (as maiúsculas foram intencionais, para ajudar a memorizar): parecidas na grafia e na pronúncia, mas de significados muito diferentes. Veja alguns exemplos:

absolver (perdoar, inocentar) absorver (aspirar, sorver)

comprimento (extensão) cumprimento (saudação)

delatar (denunciar) dilatar (alargar)

descrição (ato de descrever) discrição (reserva, prudência)

descriminar (tirar a culpa) discriminar (distinguir)

emigrar (deixar um país) imigrar (entrar num país)

eminência (elevado) iminência (qualidade do que está iminente)

eminente (elevado) iminente (prestes a ocorrer)

flagrante (evidente) fragrante (perfumado)

fusível (aquilo que funde) fuzil (arma de fogo)

infligir (aplicar pena) infringir (violar, desrespeitar)

mandado (ordem judicial) mandato (procuração)

ratificar (confirmar) retificar (corrigir)

soar (produzir som) suar (transpirar)

tráfego (trânsito) tráfico (comércio ilegal)

Essa parecença é um problema para quem tem que redigir textos ou fazer exames e concursos, pois as questões costumam explorar aqueles casos que frequentemente suscitam dúvidas e apresentam frases em que as duas formas podem se encaixar (O guarda infligiu a multa ao motorista que infringiu o código de trânsito).

E enganos acontecem com uma frequência enorme, como na seguinte situação:

Quando era Ministro da Educação, Jarbas Passarinho recebeu uma correspondência de um Reitor de uma Universidade, solicitando verbas ao “iminente” Ministro.

No mesmo dia, Passarinho colocou-a de volta no Correio com um pequeno aditamento:

‘Esclareço ao solicitante que já fui nomeado’. (Veja 22/01/86)

O caso virou ‘causo’, já que é considerado inadmissível que um texto enviado da parte de um reitor contenha um engano desse tipo, além de ser um exemplo de fina ironia por parte do então ministro, o qual, conhecedor dos dois vocábulos parônimos (eminente/iminente – confira os significados na lista acima), fez referência ao erro e não à solicitação.

E não é só nas questões de Língua Portuguesa que os parônimos dão trabalho: os professores de Geografia sempre se aborrecem quando os alunos confundem a imigração, a emigração e a migração… Afinal, quem está indo para onde?

Que tal usar um mecanismo de associação, para não esquecer mais?

Pensemos em exterior e interior. Creio que ninguém confunde esses dois ambientes, certo? Agora, fixemos na memória: e(x) – sentido para fora e i(n) – sentido para dentro. Então:

Emigrar – ir para o exterior, para fora do país
Imigrar – vir para dentro do país
Exportar – enviar mercadoria para fora do país
Importar – trazer mercadoria para o país
Emergir – vir à tona
Imergir – mergulhar

O processo de associação de ideias é útil para memorizar alguns parônimos, mas não dá conta de todos. O ideal é que o estudante crie o hábito de recorrer ao dicionário sempre que possível para verificar o significado e a grafia correta e, em seguida, coloque o termo em uso, criando frases ou pequenos textos empregando os termos. Assim a palavra, seu significado e a grafia vão ficar cada vez mais indelevelmente gravados na memória. E não vai mais ser preciso suar (e não ‘soar’) a camisa para resolver essas questões.

Até a próxima!

 


Margarida Moraes é formada em Letras pela Universidade de São Paulo (USP), onde também concluiu seu mestrado. Mais de 20 anos de experiência, corretora do nosso sistema de correção de redação e responsável pela resolução das apostila de Linguagens e Códigos do infoEnem, a professora é colunista de gramática do nosso portal. Seus textos são publicados todos os domingos. Não perca!

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *