Ministro Afirma que Mudanças da Reforma Impactarão Enem Somente em 2019

O Ministro da Educação Mendonça Filho afirmou, em entrevista coletiva, que as mudanças propostas pela medida provisória da Reforma do Ensino Médio, sancionada nesta quinta-feira (16) pelo presidente Michel Temer, deverão impactar o Enem – Exame Nacional do Ensino Médio – somente no ano 2019.

Em sua fala, o ministro explicou que uma “mudança substancial” no exame só se dará daqui a dois anos porque o Enem precisará se adequar a nova realidade desta etapa escolar, além de respeitar o processo de alterações tradicional da educação:

Nenhuma mudança ocorrerá de forma repentina e elas obedecerão o rito de aplicação das mudanças do ensino médio.

O ministro também fez questão de afirmar que os candidatos que prestarão o Enem 2017 podem ficar tranquilos que não teremos novidades com relação ao uso do exame por programas do governo de acesso ao ensino superior (Sisu, Prouni e Fies), confirmando que o exame ainda é uma “importante porta de entrada” para faculdades e universidades públicas.

Além de tranquilizar os estudantes, tal declaração também chega para desmentir boatos e notícias vinculadas em diversos canais na mídia e na internet que chegaram a afirmar que o Enem deixará de ser usado como meio de se chegar ao ensino superior e que poderia inclusive acabar.

Vale ressaltar, no entanto, que a edição deste ano do exame nacional poderá apresentar alterações sim, no entanto relacionadas ao modelo e aplicação da prova. Inclusive as possíveis novidades estão disponíveis para opinião popular em consulta pública que pode ser respondida aqui e que encerra nesta sexta-feira (17).

Determinações da Nova Lei

De acordo com as determinações da nova legislação, 60% do currículo será composto pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e os outros 40% serão direcionados aos chamados itinerários formativos, em que o estudante poderá escolher entre cinco áreas que seguem a divisão do Enem: Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza, Ciências Humanas e formação técnica e profissional.

Compartilhar

Comentários

Fernando

De que forma as mudanças impactaram em 2019?

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *