MEC orienta a fazer matrícula do Sisu via internet

Segundo o site da Agencia Brasil, o Ministério da Educação (MEC) está orientando as universidades com problema na matrícula do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), por causa da greve dos servidores, a fazer o procedimento via internet. Aloizio Mercadante, Ministro da Educação, afirmou ontem (3) que, até o momento, não há necessidade de se prorrogar o prazo de matrículas, que termina dia 9 (segunda-feira).

Semana passada, conforme a Fasubra (Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores das Universidades Públicas Brasileiras), o processo de matrícula em 48 universidades e institutos federais que participam do segundo Sisu de 2012 tinha sido interrompido por decisão do comando de greve nacional. De acordo com o MEC, entretanto, os problemas foram pontuais e não houve interrupção do processo de inscrição no sistema seletivo.

O Ministério da Educação não tem um levantamento de quais universidades estão oferecendo aos estudantes a opção de matrícula via internet, mas Aloísio Mercadante avaliou que a alternativa permite “superar eventuais dificuldades que possam existir”.

Oferecer a matrícula via internet para os estudantes aprovados foi a solução encontrada pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Os candidatos devem acessar o site da instituição para ter acesso à ferramenta de matrícula online. A iniciativa permitiu dar andamento às matrículas do Sisu na instituição, suspensas na semana passada por servidores em greve.

A matrícula do Sisu para os aprovados em primeira chamada começou na última sexta-feira (29) e segue até 9 de julho. Uma segunda chamada está marcada inicialmente para 13 de julho.

Como já nos posicionamos anteriormente, não nos cabe aqui  julgar justa ou não essa greve. Cada categoria deve saber seus direitos, deveres e agir de acordo com o que acredita ser justo e correto. Apenas queremos salientar o desconforto experimentado pelos estudantes convocados e colocar outro questionamento: Por que essa matrícula, via internet, não pode ser instaurada em condições normais, ou seja, sem a pressão grevista? Não facilitaria, por exemplo, para um estudante do estado de Roraima não necessitar se deslocar até o Rio Grande do Sul para efetuar sua matrícula?

 

Veja também:

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *