JF Impõe Prazo Para Inep Explicar Vazamento da Redação Enem 2016

Depois do Ministério Público Federal no Ceará (MPF-CE) protocolar pedido de suspensão da redação do Enem 2016 por suspeita de fraude, na última segunda-feira (07), a Justiça Federal (JF) estabeleceu prazo de 24h para o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) se pronuncie no processo.

O prazo foi aberto no começo da tarde da terça-feira (08) e venceu pontualmente às 14h44min desta quarta-feira (09). Apesar de vencido o período, até o momento nenhuma notícia foi veiculada nos canais oficiais do instituto ou do Ministério da Educação (MEC), tampouco em outros grandes portais na internet.

A solicitação de esclarecimentos sobre os “supostos” casos de fraude no Amapá e Ceará foram feitos pelo juiz José Vidal Silva Neto, da 4ª Vara Federal do próprio estado do Ceará. Apesar do processo incluir pedido de julgamento pela 8ª Vara Federal, será este mesmo magistrado (José Vidal) o responsável por analisar e julgar a ação.

As únicas menções do MEC e Inep sobre o caso até o momento tratam-se de duas notas publicadas pelas respectivas assessorias de comunicação social: uma rechaçando um possível tentativa de “tumultuar” a aplicação do Enem 2016 e outra informando que órgão [Inep] continua trabalhando em equipe com a Polícia Federal para elucidar os casos.

Assim que mais informações oficiais sobre a suspeita de vazamento da redação do Enem forem publicadas, divulgaremos imediatamente aqui no Portal infoEnme. Fique ligado.

Fonte: educacao.uol.com.br

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *