Inscrições no Sisu 2019 Devem Acontecer em Janeiro

Passadas as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2018), cuja aplicação terminou em 11 de novembro, a atenção dos milhões de estudantes volta-se para os programas do Governo Federal que utilizam as notas da avaliação para acesso ao ensino superior. E o principal deles para muitos candidatos, o Sisu 2019 – Sistema de Seleção Unificada, deve ter abertura de inscrições apenas em janeiro.

A finalidade deste artigo é apenas acalmar os ânimos dos ansiosos participantes do Enem que não veem a hora de tentar o ingresso na universidade pública dos seus sonhos. Desde sua criação em 2010, a primeira edição anual do Sistema Unificado ocorre sempre na segunda quinzena de janeiro do ano subsequente a aplicação do Enem, após a liberação das notas dos participantes. E como o calendário do Inep – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais – já previu o resultado do Enem 2018 para 18 de janeiro de 2019, uma sexta-feira, a expectativa é que as inscrições no programa comecem já na semana seguinte, entre os dias 22 e 23.

Vale reforçar que, como informamos no início da matéria, essas datas consistem apenas numa previsão com base no que aconteceu nos últimos anos. Isso porque o Inep, em conjunto com o Ministério da Educação (MEC), ainda não divulgaram oficialmente o calendário do Sisu 2019, de forma que a página oficial (acesse aqui) informa que “O cronograma do processo seletivo do Sisu para 1º/2019 ainda não está disponível“.

Também é importante esclarecer que o sistema contará com mais uma edição além desta que deve ser aberta em janeiro. Trata-se do Sisu 2019.2, cujas inscrições normalmente são abertas em junho e que seleciona estudantes para cursos com início no segundo semestre letivo.

Saiba Mais Sobre o Sisu

O Sisu consiste num ambiente virtual criado pelo MEC para selecionar estudantes para as universidades públicas (federais e estaduais) e também para os institutos federais de educação, ciência e tecnologia participantes.

O pré-requisito para concorrer as vagas do programa são:

  • ter prestado a última edição do Enem (o programa usa, em suas edições anuais, apenas as notas da última prova do exame);
  • ter obtido pontuação maior que zero na redação do exame;
  • possuir diploma ou certificado de conclusão do ensino médio.

As inscrições são gratuitas e todo o processo ocorre 100% pela internet, na página do Sisu. Após inscrição, os candidatos escolhem duas opções de curso / instituição, por ordem de preferência. O sistema funciona como um leilão, em que os candidatos são classificados em cada opção de curso de acordo com seu desempenho no Enem, em ordem decrescente de desempenho.

O Sisu é dinâmico, pois em sua etapa de inscrições atualiza diariamente as notas de corte e classificação parcial dos estudantes em suas escolhas, permitindo inclusive que os mesmos alterem ilimitadas vezes suas opções enquanto as inscrições estiverem abertas.

Após o encerramento da fase de cadastros o cronograma prevê liberação da chamada única com lista de aprovados, fase de matrícula dos selecionados e formação de lista de espera para os reprovados.

Neste ano de 2018 um total de 1.434 instituições públicas de educação superior no Brasil participaram dos processos seletivos do Sisu.

Saiba mais sobre o programa nesta página.

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *