Inep Começou Curso de Capacitação Para Aplicadores do Enem 2017

De acordo com a assessoria de comunicação social do Inep – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, no último final de semana teve início o Curso de Capacitação para coordenadores estaduais que irão trabalhar na aplicação do Enem 2017.

O primeiro evento foi realizado durante o sábado (05) e domingo (06), no Rio de Janeiro, e contou com representantes de cada estado. Foi realizado basicamente um encontro para “alinhamento” dos coordenadores, que contou também com a apresentação de um novo recurso de segurança que será implementado no exame nacional.

Além dos procedimentos de segurança, este tipo de treinamento tem como finalidade esclarecer e preparar os participantes para todos os processos relacionados a logística e aplicação das provas, que neste ano ocorrerão em dois domingos, 5 e 12 de novembro.

A capacitação conta com um vídeo explicativo. A mesma que foi realizada com coordenadores estaduais no último final de semana será passada também aos coordenadores municipais neste sábado (12) e domingo (13).

Nas próximas reuniões, na sequência do curso, o pessoal do Inep deve trabalhar com os aplicadores as novidades em relação ao exame que exigirão mudanças na logística e segurança, com o uso de cadernos de provas personalizados com nome e número de inscrição do participante impresso, vídeo prova traduzida em Língua Brasileira de Sinais (Libras) e a já mencionada realização em dois finais de semana consecutivos.

Além dos coordenadores estaduais ou municipais e representantes do Inep, estes encontros também têm a presença de membros de diversas companhias relacionadas ao exame, como dos Correios, da gráfica e do consórcio aplicador (Fundação Cesgranrio, Fundação Getúlio Vargas – FGV e Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista – Vunesp), além da Diretoria de Gestão e Planejamento do instituto.

O Enem 2017 será aplicado para 6.731.186 candidatos de todos os estados brasileiros. A quantidade de inscritos por unidade federativa, segundo dados oficiais do Inep, pode ser consultada em tabela disponível aqui.