História Geral no Enem – Imperialismo no século XIX

Durante a Segunda Revolução Industrial, ou seja, o período em que as potências europeias, exceto a Inglaterra, a qual já havia se industrializado, começaram a se desenvolver nesse sentido, gerando uma onda de recolonização, já que os territórios dominados por cada potência não supriam mais todas as suas necessidades.

Devido à dedicação dos países ao crescimento industrial no final do século XIX, havia a necessidade de encontrar matéria prima, como carvão, petróleo e ferro, mercado consumidor e produtos que deixavam de ser produzidos para abrir espaço para as indústrias, o que levava as potências à busca pelo domínio de novas terras onde ainda não havia industrialização: África, Ásia e Oceania.

Para conquistar tais regiões, foi adotada uma política imperialista com a justificativa de que precisavam espalhar o progresso econômico e tecnológico pelo mundo com a chamada “missão civilizadora” e esse processo ficou conhecido como Neocolonialismo.

Na África, em um processo denominado Partilha da África, consolidada pela Conferência de Berlim em 1885, grande parte do território foi dominado pelos europeus, principalmente França e Inglaterra. Entretanto, as divisões territoriais não consideraram os critérios étnico-religiosos, causando vários conflitos internos.

Já na chamada Partilha da Ásia, países de outros continentes também se envolveram, como Rússia, Japão e Estados Unidos. Na região, além dos interesses já citados, havia também curiosidade a respeito de suas riquezas, que só poderiam ser exploradas se eles conquistassem as terras, o que gerava um interesse ainda maior na recolonização. Em relação à divisão territorial, assim como na África, no continente asiático a cultura também não foi levada em consideração, causando conflitos.

Esse imperialismo gerou grandes consequências às regiões dominadas, que podem ser observadas até os dias atuais. As guerras e disputas que ocorrem frequentemente, principalmente na África, são reflexos da desconsideração cultural no neocolonialismo. Esses conflitos causam efeitos no mundo todo, portanto representam um tema recorrente nos principais vestibulares e compreender suas causas, consequências e episódios é fundamental para fazer uma boa prova.

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *