História Geral: A Jornada Rumo ao Oriente

O início da trajetória dos países europeus começou a se destacar com Portugal e Espanha rumo ao Oriente, que os levou, no entanto, ao mundo Ocidental. Hoje vamos compreender como se deu cada colonização até chegar ao Brasil.

O início da expansão marítima portuguesa ocorreu em 1415, com a conquista da cidade de Ceuta, um importante centro comercial no norte da África. Já em 1488, as tropas chegam ao Cabo das Tormentas (ou Cabo da Boa Esperança), ultrapassando os limites marítimos conhecidos na época.

Em 1446, 1460 e 1482, sucedem-se as tomadas de Guiné, Cabo Verde e Angola, respectivamente. Já em 1498, sob o comando de Vasco da Gama, as tropas chegam a Calicute, uma cidade na Costa da Índia, onde ele poderia obter as almejadas especiarias que renderiam grandes lucros à Coroa Portuguesa, fazendo com que o navegador ganhasse o título de “Almirante dos Mares da Arábia, Pérsia, Índia e de todo Oriente”.

rota_portugal_espanha

Entretanto, quando chegou à região, a maior parte dos navegadores foi morta por seus habitantes e, em uma segunda viagem, Vasco da Gama, para submeter a cidade ao seu domínio, bombardeou-a.

Finalmente, em 1500, Pedro Álvares Cabral, um nobre navegador, chega ao Brasil, que na época foi chamado de Terra de Vera Cruz. Pero Vaz de Caminha, o escrivão da armada, descreve ao rei D. Manuel detalhadamente o grande novo território a ser conquistado. Contudo, ele não teve grande importância, já que o maior objetivo era de cunho comercial: chegar ao Oriente.

Mais tarde, com a extração de pau-brasil e a descoberta de metais preciosos, o território começou a gerar interesses não só a Portugal, mas também aos outros países que travaram expedições marítimas, de modo que começaram as disputas que levaram a consolidação de Tratados. Estes serão explanados em um próximo artigo.

Até la!

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *