História Geral: Império Bizantino (395 – 1453)

Conforme já estudamos aqui no infoEnem, o Império Franco se formou a partir do Império Romano do Ocidente. Nesta matéria estudaermos o Império Bizantino, que diferentemente do Franco se formou na região de Bizâncio a partir do Império Romano do Oriente.

O primeiro reinado importante foi o de Justiniano (527 – 565), que provocou uma série de guerras a fim de reconquistar territórios, inclusive o Império Romano do Ocidente.

Em 532 ocorreu na capital, Constantinopla, uma revolta do povo contra a expansão do Império, a qual gerava altos impostos, além da grande opressão exercida sobre ele, a chamada Revolta de Nika.

Justiniano também foi importante no direito. No período do seu governo, houve uma reorganização do código romano para adequá-lo ao Império, que agora era cristão, e foi criado o Corpus juris civilis.

Além disso, foi instituído o cesaropapismo, ou seja, a união dos poderes do Estado e da Igreja. Entretanto, em 1054, depois de diversos conflitos entre Igreja e Estado, ocorreu o Cisma do Oriente, a divisão da Igreja em Ortodoxa, no Oriente com sede em Constantinopla, e Apostólica Romana, no Ocidente, com sede em Roma.

Em 1453, após várias tentativas de invasões por outros povos, os turcos otomanos conseguiram conquistar o Império, o que marcou uma data muito importante, o fim da Idade Média, que se iniciou em 476, com a queda do Império Romano do Ocidente.

A cultura bizantina possuía forte relação com a religião cristã. Um dos destaques de sua produção artística foi a criação dos mosaicos, que representavam questões religiosas, além da arquitetura que também teve grande destaque, como por exemplo na Igreja de Santa Sofia, e da escultura, produzida muitas vezes em ouro ou marfim, e que também simbolizava figuras religiosas.

Após a conquista dos turcos, muitos intelectuais de região foram para a península itálica e esse fato contribuiu com o Renascimento, em virtude dos seus conhecimentos acerca da antiguidade clássica.

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *