Governo Adia Início do Horário de Verão Pelo Enem 2018

Na última quinta-feira (04), o presidente Michel Temer anunciou que o Governo Federal adiou o início do Horário de Verão para o dia 18 de novembro.

A alteração foi feita em atendimento ao pedido do Ministério da Educação (MEC), por meio de seu representante Rossieli Soares, que fez o pedido para que a data prevista até então para adiantamento dos relógios, marcada para 4 de novembro, não coincidisse com a aplicação do Enem 2018 – Exame Nacional do Ensino Médio, nos domingos de 4 e 11 do mesmo mês.

Ainda conforme o presidente da República, apesar da postergação de seu começo, a data de encerramento do Horário de Verão não foi estendida, continuando prevista para 16 de fevereiro de 2019, de forma que nesta temporada o período deste recurso será mais curto. Ele também afirmou que decisão deve ser confirmada oficialmente por meio de publicação no Diário Oficial da União (DOU) dos próximos dias.

A justificativa do MEC para fazer o pedido (leia a matéria completa), juntamente com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), é que a mudança nos relógios justamente no dia de início do Enem 2018 poderia gerar confusão na hora de início das provas – 13h de acordo com o horário oficial de Brasília – em candidatos de diversas unidades federativas, lembrando ainda que nem todas aderem ao horário de verão e que muitas ainda contam com fuso-horário.

Os estados que neste ano adiantarão seus relógios em 18 de novembro são: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

O Inep ainda argumentou, por meio de nota postada pela sua assessoria de comunicação social, que além da alta probabilidade de perda da prova por muitos participantes por conta do desentendimento com horário, aumenta o risco também de problemas na logística do exame, como distribuição dos malotes com cadernos de questões, abertura de portões, horário de início e término do Enem.

Governo Enfrenta Impasse Por Pressão de Companhias Aéreas

Se por um lado o Governo procurou atender ao pedido do MEC/Inep para amenizar as dificuldades para organizadores e candidatos durante o Enem 2018, por outro deve ter jogo de cintura para lidar com a pressão de companhias áreas para que início do Horário de Verão volte a sua data de previsão inicial, em 4 de novembro.

Isso porque para empresas como Azul, Gol e Avianca, entre outras, essa alteração na data de mudança nos relógios consistirá num grande transtorno, uma vez que alegam que cerca de 3 milhões de passageiros serão prejudicados por conta da dificuldade de remanejar a malha aérea.

Estamos de olho na sequência dos fatos sobre o assunto e, qualquer novidade ou mudança no Horário de Verão que venha a interferir de alguma forma na realidade dos candidatos do Enem, será publicada em primeira mão aqui em nosso Portal.

Fonte: O Globo

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *