Explorando o Sistema Endócrino dos Humanos

Em nossa postagem de hoje vamos tratar de um assunto importantíssimo de biologia, tanto para a preparação e realização das provas do Enem, como para o conhecimento sobre nosso corpo, uma vez que falaremos sobre uma grande área de controle de nosso organismo, que é o sistema endócrino. Vamos explicar sobre a função principal deste sistema, demonstrando quais glândulas compõem o sistema endócrino e quais as suas funções.

Antes de mais nada devemos saber que o sistema endócrino é composto unicamente por glândulas endócrinas, que são aquelas que lançam substâncias para o interior do corpo humano. No caso, as substâncias lançadas são os hormônios, que são substâncias importantíssimas para o nosso desenvolvimento, já que influenciam diretamente em diversos órgãos de nosso corpo, além de controlar o crescimento, pressão sanguínea e concentração de substâncias em nosso sangue, por exemplo.

Em nosso corpo, existem diversas glândulas endócrinas, cada uma com a sua função específica, nas quais se destacam: hipófise, tireoide, paratireoides, suprarrenais e pâncreas. Ainda existem diversas outras glândulas, mas as principais são as citadas acima. Vamos tratar sobre cada uma delas a seguir.

Hipófise

A hipófise, também denominada glândula pituitária, é considerada a glândula mestre do corpo humano e do sistema endócrino, já que esta glândula atua no controle de diversas outras glândulas ao longo do nosso corpo. A hipófise está localizada em nossa cabeça, e pode ser dividida em duas regiões, que são a adeno-hipófise e a neuro-hipófise, mas isso trataremos em uma postagem específica para esta glândula muito importante.

Como mencionamos acima, a hipófise produz hormônios tróficos, que são os responsáveis pelo controle de outras glândulas endócrinas, tais como o hormônio tireotrófico (TSH), o qual é responsável pelo controle da tireoide, o hormônio adrenocorticotrófico (ACTH), que atua nas glândulas suprarrenais e ainda os hormônios sexuais FSH e LH, os quais estudamos anteriormente.

Tireoide

A tireoide é uma glândula localizada em nosso pescoço, cujos hormônios produzidos, que são a tiroxina e tri-iodotironina, ajudam a regular a pressão sanguínea, o tônus muscular e as funções sexuais. Quando a tireoide está desregulada pode ocasionar hipotireoidismo (produz hormônios em quantidade insuficiente) ou hipertireoidismo (produz elevada quantidade de hormônios).

Paratireoides

As paratireoides são encontradas atrás da tireoide e possuem função simples: produzir o paratormônio, que é responsável pelo controle da taxa de cálcio no sangue.

Pâncreas

O pâncreas é uma glândula endócrina e exócrina. Sua função no sistema endócrino é muito importante, uma vez que produz dois hormônios importantíssimos, a insulina e o glucagon. Estes hormônios são muito importantes para o processamento do açúcar em nosso sangue, e o descontrole destes hormônios pode acarretar diabetes.

Suprarrenais

As glândulas suprarrenais, ou também denominadas glândulas adrenais são as últimas glândulas do sistema endócrino que estudaremos hoje. Localizadas sobre os rins, as glândulas suprarrenais são responsáveis pela sintetização de corticosteroides a partir do colesterol, como a aldosterona e o cortisol, além da produção de dois hormônios importantíssimos, que são a adrenalina e a noroadrenalina.

Desta maneira, estudamos de maneira geral quais são as glândulas que compõem o sistema endócrino do corpo humano. Ainda temos importantes glândulas não citadas, como os ovários e testículos, mas faremos uma postagem específica para estas glândulas. É importante o conhecimento sobre o conjunto, para que as explicações específicas fiquem mais claras!

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Comentários

[email protected]

gostei muito

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *