Estudando os Biomas Brasileiros – Cerrado

O Brasil é territorialmente dividido em seis biomas brasileiros e nosso estudo hoje vai se concentrar no Bioma Cerrado.

O Cerrado é o segundo maior bioma da América do Sul em extensão territorial, tendo uma área de mais de dois milhões de km², o que é aproximadamente 22% do território nacional. Ele ocupa os estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Goiás e parte de Minas Gerais, Piauí e Maranhão.

O bioma tem como característica dois climas bem definidos durante o ano: um muito chuvoso e outro seco. Por causa disso, sua vegetação tem algumas particularidades específicas para se proteger da seca. Por exemplo, as raízes das árvores são profundas, para que se consiga buscar água em solo profundo. As árvores também tem galhos tortuosos, cascas duras e grossas e folhas cobertas de pelos. O solo possui cor avermelhada, pH baixo e poucos nutrientes.

Apesar da estação de seca, o Cerrado abriga a nascente de três importantes bacias hidrográficas brasileiras: São Francisco, Amazônica-Tocantins e Prata.

cerrado

A biodiversidade é alta na região. No Cerrado já foram catalogadas 11.627 espécies de plantas nativas, aproximadamente 200 espécies de mamíferos, 1.200 espécies de peixes, 180 espécies de répteis e 150 espécies de anfíbios.

O maior problema ambiental encontrado no Cerrado é o desmatamento em função das atividades de agricultura e pecuária. Estima-se que nos últimos 50 anos, a vegetação do Cerrado tenha diminuído pela metade. Em contrapartida, o Cerrado tem grande importância social e cultural.

Em breve, novos biomas brasileiros serão analisados. Acompanhe e bons estudos!

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *