Entenda a diferença entre Fenômenos Físicos e Químicos

Não é complicado entender a diferença entre fenômenos físicos e químicos. Entretanto, muitos candidatos participantes do Enem ainda têm essa dificuldade de discernir tais fenômenos, fato que pode levar à erros de interpretação de algumas questões.

Primeiramente vamos definir que um fenômeno é qualquer mudança/alteração que ocorre na matéria (tudo aquilo que ocupa lugar no espaço e possui massa diferente de zero). Vale ressaltar que tais alterações podem ou não apresentar alteração na composição da matéria. Assim sendo, podemos dar inúmeros exemplos de fenômenos: vaporização de uma porção de álcool, a quebra de uma haste de madeira, a combustão de um pedaço de papel, fazer um suco de laranja, dissolver açúcar em um copo de água, reagir um ácido com uma base, queimar carvão numa charrasqueira etc.

Com essa ideia mais geral de fenômenos, podemos estabelecer a diferença entre fenômenos físicos e fenômenos químicos:

Fenômeno Físico: São fenômenos que não apresentam alteração na composição da matéria, ou seja, independentemente do que aconteça, a composição da matéria continua inalterada. Em outras palavras, a composição da matéria é a mesma após a ocorrência do fenômeno.

Nos exemplos de fenômenos dados anteriormente, quais seriam considerados fenômenos físicos?

Fácil! Vaporização de uma porção de álcool, a quebra de uma haste de madeira, fazer um suco de laranja e dissolver açúcar em um copo de água.

Fenômenos Químicos: Diferentemente dos fenômenos físicos, os fenômenos químicos alteram a composição da matéria, gerando outra (ou outras) substancias. Em outras palavras, a composição da matéria é diferente após a ocorrência do fenômeno.

Assim sendo, dos fenômenos citados no início do artigo, os fenômenos químicos seriam os seguintes: combustão de um pedaço de papel ( o papel deixa de existir, além da liberação de gás carbônico), reagir um ácido com uma base (depois da reação, teremos um sal e água) e queimar carvão numa charrasqueira

Fácil, não é? Antes de encerrar este artigo, cabe destacar mais três exemplos de fenômenos que são clássicos e que não deixarão você cometer enganos na hora do vestibular:

– Qualquer combustão é um fenômeno químico.
– Mudanças de estado são fenômenos físicos.
– Solubilidade (quando uma matéria se dissolve em outra) é fenômeno físico.

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *