Ecologia: Conheça as Características do Bioma Caatinga

Vamos conhecer mais um bioma brasileiro? O estudo de hoje se concentrará no bioma Caatinga, que abrange os estados de Alagoas, Bahia, Maranhão, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí, Sergipe e parte de Minas Gerais. Isso equivale a uma extensão territorial de 844.453 km², o que representa 11% do território brasileiro.

A Caatinga é também conhecida como Sertão por causa do clima seco do local, em que mesmo quando o céu está nublado, a chuva é sempre rara. A vegetação é condicionada às características do local. Por exemplo, as plantas têm poucas ou nenhuma folha. Quando há folhas, elas são finas. Algumas plantas também armazenam água, como é o caso dos cactos, já outras tem raízes curtas, para absorver o máximo de chuva já na superfície do solo.

Apesar da seca, a Caatinga também tem solos férteis e “ilhas de umidade”, conhecidos como brejos, áreas localizadas próximas às serras, em que há maior quantidade de chuva. Mesmo assim, o canal principal do Rio São Francisco é o único que mantém seu fluxo no território, tendo suas águas provenientes de outras regiões, do bioma Cerrado.

caatinga

O bioma é rico em biodiversidade, abrigando 178 espécies de mamíferos, 591 de aves, 177 de répteis, 79 de anfíbios e 241 de peixes. A população humana é aproximadamente de 27 milhões. Na região, há muitas pessoas economicamente carentes e dependentes dos recursos do bioma para sobreviver.

Na Literatura brasileira, a região já foi retratada em várias obras, principalmente da escola literária da 2ª geração do Modernismo: o regionalismo. Um exemplo é a clássica obra Vidas Secas, de Graciliano Ramos.

Há políticas públicas focalizadas nessa região, por causa da deficiências e problemáticas enfrentadas, como a Conferência Regional de Desenvolvimento Sustentável do Bioma Caatinga – a Caatinga na Rio+20.

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




2 Comentários

Caio

Ceará não foi citado como um dos estados, acho que foi esquecido. Por favor, revejam isso.

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *