Domínios Morfoclimáticos do Brasil

Em nossa postagem de hoje falaremos novamente sobre a geografia física do Brasil. Vamos estudar sobre os domínios morfoclimáticos que compõem o nosso país, apresentando suas características principais, além das regiões de sua ocorrência.

Quando falamos em domínios morfoclimáticos, estamos falando basicamente sobre um amplo conjunto, formado por diversos aspectos naturais. Um domínio morfoclimático abrange características como relevo, solo, hidrografia, vegetação e clima. Essa combinação de fatores levará a formação de uma paisagem específica, que foram classificadas de diferentes maneiras.

Foi realizado pelo professor Aziz Ab’Saber o levantamento dos diferentes domínios morfoclimáticos do Brasil, classificando também algumas regiões denominadas faixas de transição. Os domínios morfoclimáticos classificados foram: Domínio Equatorial Amazônico, Cerrado, Mares de Morros, Caatinga, Araucárias e Pradarias. Vamos estudar as características principais de cada domínio a seguir. Ante disso, observe no mapa abaixo a distribuição dos domínios morfoclimáticos do Brasil:

Domínio Equatorial Amazônico

Este domínio está localizado basicamente na região Norte do Brasil, e é caracterizado por um clima quente e úmido (equatorial), predomínio das planícies e depressões, elevada quantidade de água, o que se deve principalmente a presença de uma grande quantidade de rios presentes na bacia amazônica.

Domínio do Cerrado

O cerrado é um dos domínios morfoclimáticos que se localiza principalmente na região Centro Oeste do Brasil, onde a vegetação é típica do cerrado, com galhos retorcidos em árvores de pequeno porte. O clima é o tropical, com duas estações bem definidas, sendo uma seca e uma chuvosa. No relevo, predominam os planaltos, sendo também encontradas chapadas.

Domínios dos Mares de Morros

No domínio dos Mares de Morros, predominam um relevo acidentado, formado por serras, planaltos e morros, já desgastados em função do tempo. Este domínio está localizado em uma faixa que vai do Rio Grande do Sul até o Rio Grande do Norte, e o clima típico é o tropical, com chuvas distribuídas de forma regular ao longo do ano.

Domínios das Araucárias

O domínio das Araucárias está presente basicamente nos estados da região Sul do Brasil. Na cobertura de sua vegetação destacam-se as araucárias, sendo a principal vegetação da região. O clima é o subtropical, caracterizado por um verão quente e inverno rigoroso, sendo possível a precipitação de neve.

Domínios das Pradarias

É um domínio formado por vegetações rasteiras e gramíneas, localizado somente no extremo sul do Rio Grande do Sul. O clima é o subtropical, assim como ocorre no domínio das Araucárias.

Domínio da Caatinga

O domínio da Caatinga ocorre no Nordeste brasileiro e no Norte do estado de Minas Gerais, sendo composto por vegetação resistente a escassez de água. O clima presente é o semiárido, cuja característica principal são os longos períodos de estiagem, com chuvas irregulares ao longo do ano.

Áreas de Transição

As faixas de transição estão presentes na região de mudança entre os seis domínios morfoclimáticos principais acima citados. No entanto, podemos dizer que as áreas de transição agrupam alguns subdomínios muito conhecidos, como o Pantanal brasileiro, o Agreste e também a Mata dos Cocais.

Desta forma, estudamos sobre os domínios morfoclimáticos presentes em nosso país. Conhecê-los é importante pois, além de um assunto regularmente cobrado em provas do Enem, faz parte de nosso país!

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Comentários

Samuel da Silva Alencar

Elucidante!

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *