Dicas Para Estudar em Casa Para o Enem

Se você vai prestar o Enem e não está matriculado em um cursinho ou escola regular, independentemente de ter concluído ou não o ensino médio, já sabe que deverá estudar em casa, na maioria das vezes sozinho, para conquistar uma boa nota e atingir seus objetivos com a prova.

Mas então, o que fazer? Veja as dicas fundamentais para quem vai estudar em casa nos próximos meses e quer mandar bem no exame.

Disciplina e determinação

Estudar sozinho requer muito destas duas qualidades. Disciplina por que não haverá ninguém orientando nem supervisionado seus estudos, e determinação para se manter focado e não se “perder” com distrações e nem desanimar durante toda a preparação.

Horário / rotina

Conciliar os estudos com a rotina de trabalho e/ou outros compromissos não é tarefa fácil. Por esse motivo é fundamental criar um cronograma definindo quantas e quais horas dos dias serão dedicadas a preparação para o Enem. Não se esqueça de reservar algumas horas também para os finais de semana.

Buscar conteúdos

A dica aqui é para que você procure primeiramente conhecer quais assuntos fazem parte do conteúdo programático do exame. Você pode ver as matérias de cada disciplina nesta página. Conhecendo o que é exigido no Enem, você será capaz de filtrar na internet o que pode ser útil nos seus estudos.

Fazer simulados e provas passadas

Resolvendo simulados e edições anteriores, você terá contato antecipadamente com todas as dificuldades de se prestar uma prova extensa e cansativa como a do exame nacional. Além disso, seus resultados poderão ser utilizados para avaliar a eficiência dos estudos. Nesse sentido, recomendamos que adquira nossas Apostilas para o Enem, que trazem TODAS as questões de 2009 até 2014, resolvidas e comentadas.

 
Vale esclarecer que você não está só nessa empreitada. De acordo com dados oficiais do Ministério da Educação (MEC), nas últimas três edições do Enem (2013, 2014 e 2015) mais de 60% dos candidatos não estavam cursando ou já haviam concluído o ensino médio.

Portanto, tenha em mente que uma preparação bem organizada, mesmo sem o acompanhamento em sala de aula, pode sim fazer diferença na hora do exame!

Compartilhar

Comentários

Andressa gomes

adorei por ser gratuíto.

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *