Dica de Geografia – Estudando os Terremotos (Abalos Sísmicos)

A prova de Ciências Humanas do Enem, mais especificamente de Geografia, invariavelmente traz questões sobre fenômenos naturais como erupções vulcânicas, tsunamis, ciclones tropicais, tornados e até mesmo eventos periódicos, como o El Niño.

Por isso neste artigo trataremos de um dos fenômenos mais conhecidos e que assolam algumas regiões do globo e são motivo de notícias e tragédias com frequência: os abalos sísmicos ou terremotos.

Para ilustrar e facilitar a compreensão sobre o assunto, trazemos uma questão que caiu no Enem 2012 e que foi resolvida e explicada pelo nosso professor Bruno Picchi, graduado e mestre pela Unesp – Universidade Estadual Paulista.

Enem 2012 – Caderno Rosa – Questão 8

De repente, sente-se uma vibração que aumenta rapidamente; lustres balançam, objetos se movem sozinhos e somos invadidos pela estranha sensação de medo do imprevisto. Segundos parecem horas, poucos minutos são uma eternidade. Estamos sentindo os efeitos de um terremoto, um tipo de abalo sísmico.

ASSAD, L. Os (não tão) imperceptíveis movimentos da Terra. Com
Ciência: Revista Eletrônica de Jornalismo Científico, n.o 117, abr. 2010.
Disponível em: http://comciencia.br. Acesso em: 2 mar. 2012.

O fenômeno físico descrito no texto afeta intensamente as populações que ocupam espaços próximos às áreas de

a) alívio da tensão geológica.
b) desgaste da erosão superficial.
c) atuação do intemperismo químico.
d) formação de aquíferos profundos.
e) acúmulo de depósitos sedimentares.

RESOLUÇÃO E COMENTÁRIOS

Alternativa A

O fragmento, que descreve a sensação de estar em um local acometido por um terremoto, está relacionado com a questão da dinâmica interna da Terra. Com a noção das diferentes dinâmicas terrestres, todas as outras optativas estão relacionadas aos acometimentos externos, até mesmo a formação de aquíferos profundos (alternativa D), pois até estes são formados em razão da deposição de sedimentos formados pela desagregação de rochas através do processo de intemperismo.

Assim, em razão da percolação e movimentação do magma no interior da Terra, estando este em alta temperatura, e consequentemente, alta pressão, existe uma constante tensão geológica que, em locais perto de falhas ou nas bordas de placas tectônicas, em razão da menor espessura da crosta terrestre, estão mais suscetíveis a sofrerem os reflexos oriundos do alívio dessa pressão geológica. Exemplos de locais tectonicamente ativos são os países que estão no conhecido Círculo do Fogo do Pacífico, como Japão, Indonésia, Chile e costa oeste dos Estados Unidos da América.


A resolução e comentários reproduzidos acima foram retirados das Apostilas Preparatórias para o Enem do Portal infoEnem. Clique aqui para conhecer o material.

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Comentários

Diferença Entre Furacão, Ciclone, Tornado e Tufão • infoEnem | infoEnem

[…] como ondas de vento de muita intensidade, que levam destruição por onde passam, assim como os terremotos ou abalos sísmicos. Além do mais, apresentam formato giratório. Como esses fenômenos não ocorrem no Brasil (ou […]

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *