Conteúdo Enem: Tudo sobre a Poliomielite

Continuando com nossa série de artigos sobre doenças provocadas por vírus, vamos falar agora sobre outra que, apesar de já erradicada no Brasil, é muito importante pois já causou a paralisia de cerca de mil crianças por dia na década de 1980, a poliomielite.

Causada pelo Poliovírus, a poliomielite é uma doença infectocontagiosa aguda que pode atacar o sistema nervoso e causar a paralisia de parte do corpo ou total e até levar à morte. Seu contágio ocorre através do contato de uma pessoa saudável com secreções de alguém contaminado pelo vírus. Conhecida também como paralisia infantil, a doença afeta, na maioria das vezes, crianças de até quatro anos, mas também pode ocorrer em adultos.

Na maior parte dos casos, seus sintomas são brandos, como dor de cabeça, náuseas, vômito, febre, dor muscular e fraqueza, semelhantes a uma gripe, ou são ausentes. Nestes casos, o vírus se multiplica no intestino e pode chegar à corrente sanguínea, mas não atinge o sistema nervoso, portanto o indivíduo não fica paralítico. Porém, após alguns anos ele pode ser acometido pela síndrome pós-polio, a qual causa dores musculares e nas articulações, fadiga, dificuldade na respiração e deglutição, problemas cognitivos e atrofia muscular. Contudo quando o vírus que estava no sistema digestivo atinge o sistema nervoso, após a ocorrência dos primeiros sintomas, o indivíduo começa a manifestar dores mais fortes, perda dos reflexos e fraqueza até chegar ao estágio paralítico.

Seu tratamento consiste na amenização dos sintomas, pois não existe cura para tal doença e a prevenção é feita através da vacinação, além de boas condições de saneamento básico, higiene e tratamento dos doentes, já que o vírus é transmitido facilmente.

Por meio da vacina, o Brasil e a maioria dos países conseguiram combater a doença, sendo o último caso confirmado em 1989. Entretanto, o vírus ainda está presente em algumas regiões, portanto a vacinação ainda é obrigatória e essencial para garantir que não apareçam novos casos.

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *