Conheça as Propriedades Periódicas dos Elementos Químicos

Ao se analisar as propriedades dos elementos químicos, nota-se que elas desaparecem e depois voltam a aparecer. Por isso são ditas periódicas. A massa atômica, contudo, é uma propriedade APERIÓDICA.

As propriedades periódicas são importantes porque permitem prever as propriedades dos elementos de uma mesma família. Além disso, elas se enquadram na lei periódica, descrita abaixo:

Quando elementos são listados sequencialmente, em ordem crescente de número atômico, é observado uma repetição periódica em suas propriedades.

As principais propriedades periódicas são: raio atômico, potencial de ionização ou energia de ionização e eletronegatividade.

Raio atômico

Por complexidades extremas para se estimar o tamanho de um átomo, convencionou-se que raio atômico é a metade da distância mínima interatômica, isto é, a metade da distância entre os centros de dois átomos.

raio_atomico

Esquematicamente, pode-se representar o sentido de crescimento dos raios atômicos:

raio_atomico1

Nos grupos, os raios atômicos aumentam de cima para baixo. Nos períodos, os raios aumentam da direita para a esquerda. Exemplo: entre os elementos Lítio (Li) e Potássio (K), qual deles tem maior raio atômico? E entre o Potássio e o Bromo (Br)?

Resposta: de acordo com as propriedades do raio atômico, o potássio tem maior raio que o lítio por se encontrar mais abaixo na tabela periódica, bem como tem raio maior que o do bromo, por estar mais afastado no sentido de crescimento.

Energia de ionização

A energia de ionização é definida como a energia necessária para remover um elétron de um átomo isolado no seu estado fundamental. Como outros elétrons podem ser retirados do átomo, a energia para se retirar uma segunda cara é maior que a primeira, e assim sucessivamente. Observe o esquema:

ionizacao

Diferentemente do raio atômico, nos grupos, a energia de ionização aumenta de baixo para cima e, nos períodos, da esquerda para a direita. Assim, o Lítio tem energia de potencial maior que o potássio, e o bromo tem energia de ionização maior que a do lítio e também do potássio.

Eletronegatividade

Ela é definida como a tendência de um átomo a atrair elétrons. Essa propriedade não leva em consideração os GASES NOBRES, dado que, como já explicados, eles são inertes, isto é, dificilmente doam ou recebem elétrons e reagem com outros elementos.

eletronegatividade

A eletronegatividade é muito importante para o estudo das ligações químicas. Seguindo-se o mesmo exemplo, o lítio é mais eletronegativo que o potássio. O bromo, por sua vez, é mais eletronegativo que o lítio e o potássio.

Existem outras propriedades periódicas, como a densidade, a eletropositividade, o volume atômico etc., contudo, são menos frequentes no Enem e em outros vestibulares. Para quem se interessa, recomendados que as busquem em materiais de química do ensino médio.

É isso. Até a próxima!

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *