Compreenda o Que Foram os Regimes Totalitários

Com o fim da Primeira Guerra Mundial, os países europeus estavam devastados. Havia a necessidade de reconstruir sua política e economia para pagar suas dívidas, principalmente com os Estados Unidos, e voltar ao crescimento.

Além disso, neste momento ocorria a Revolução Russa, que era vista como uma ameaça para os países capitalistas europeus. A população começou a ver então o totalitarismo como a melhor solução. Um governo autoritário estimularia o nacionalismo, controlaria o crescimento econômico e não daria margem para os ideais socialistas.

Na Itália, uma grande crise afetava a população. A guerra gerou uma grande devastação e muitas pessoas passavam fome e não tinham emprego. Surgiu então a figura autoritária de Benito Mussolini, prometendo recuperar a economia e acabar com as revoltas populares.

Mussolini fundou o Partido Fascista em 1921 e subiu ao poder em 1922. O início de seu governo já foi extremamente violento, com o assassinato de políticos da oposição e a repressão de protestos. Depois implantou de fato uma ditadura fascista na Itália, submetendo todas as pessoas à autoridade do Estado.

A imprensa era censurada, os partidos políticos foram extintos e milhares de pessoas foram mortas, presas ou expulsas e os ideais de submissão do indivíduo ao Estado eram difundidos pelo país e ensinados às crianças na escola. Além disso, Mussolini também se dedicou à conquista de
outros territórios, até que se deparou com o nazismo alemão na Segunda Guerra Mundial.

Mussolini e Hitler.

Mussolini e Hitler.

A Alemanha, que se sentia humilhada com as punições impostas pelo Tratado de Versalhes, também sofria com os problemas de fome e desemprego. A maior parte da elite começou a apoiar então o Partido Nazista, com Hitler no poder. O líder austríaco era extremamente autoritário e tentou ocupar o governo alemão em 1923, porém não conseguiu e foi preso.

Ele defendia o nacionalismo e a submissão do indivíduo ao Estado, afirmava que a raça ariana era pura e superior e devia dominar as inferiores, como os judeus. Também queria conquistar territórios para alcançar mais poder. Essas ideias eram ensinadas às crianças, assim como na Itália, porém mais
vigorosamente, com uma série de programas e eventos para divulgá-las.

Entretanto, a propaganda nazista muitas vezes era falsa. Segundo Joseph Goebbels, líder do Ministério da Propaganda, “uma mentira dita cem vezes torna-se verdade”

Em 1932, com Hindenburg no poder, Hitler se tornou chanceler e, com a morte do presidente, em 1934, chegou ao poder. Seu governo extremamente autoritário seguiu seus ideais, submetendo as pessoas, perseguindo os judeus, com a atuação da Gestapo, a polícia secreta alemã, e expandindo o território.

Na Espanha, após uma guerra civil violenta, o general Francisco Franco iniciou uma ditadura exercendo uma política autoritária sobre a população, que durou até 1936.

Em Portugal, Antônio de Oliveira Salazar também impôs uma ditadura que durou até sua morte, em 1970.

Já no Brasil, Getúlio Varas foi responsável pela implantação de uma ditadura em 1937 e posteriormente, após o golpe de 1964, ocorreu o período de governo dos militares.

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *