Compreenda as Semelhanças e Diferenças Entre Sarampo e Catapora

Além Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS), outras duas doenças muito importantes causadas por vírus são sarampo e catapora. É importante ressaltar que, embora apresentem alguns sintomas e características semelhantes, as duas são patologias diferentes. Portanto vamos entender as particularidades de cada uma delas para não confundi-las em uma possíveis questões do Enem e vestibulares.

Ambas as doenças são infectocontagiosas e mais comuns na infância. Outra semelhança é a forma de transmissão, que ocorre através do contato com secreções de uma pessoa infectada, com objetos contaminados contendo o vírus ou através de partículas presentes no ar em ambientes fechados.

O sarampo é mais grave que a catapora, porém por meio da vacinação, que existe para ambas, ele já foi quase totalmente erradicado do Brasil, sendo a maioria dos casos da doença trazidos de outros locais.

Catapora

Conhecida também como Varicela, é causada pelo vírus varicela-zóster e se apresenta na maioria dos casos de forma branda. Entretanto, pode ter complicações, principalmente em pessoas com imunodeficiências ou em adultos.

Entre tais complicações, o infectado pode apresentar pneumonia, infecções nos rins e sistema nervoso e, se tomar ácido acetilsalicílico ou aspirina, estes podem acarretar na Síndrome de Reye, a qual provoca degeneração do fígado e infecção do sistema nervoso.

Seus principais sintomas são dor de cabeça, dor de barriga, cansaço, perda do apetite e bolhas pelo corpo, as quais causam coceira e podem aparecer também nas mucosas e na cabeça.

Sarampo

É causado pelo mobilivirus e pode afetar os recém-nascidos, o que não ocorre com a catapora. Seus sintomas são febre, conjuntivite, tosse, coriza e manchas vermelhas pelo corpo, que começam no rosto e vão até os pés. Ele também pode apresentar complicações, causando pneumonia, infecção nos ouvidos, lesão cerebral e podendo até levar à morte.

Como podemos observar, as características das duas doenças são muito semelhantes, portanto é importante saber reconhecer suas diferenças, pois as singularidades são fundamentais para revolver as questões relativas ao tema.

Até a próxima!

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *