Candidatos Devem Realizar Simulados na Preparação do Enem

A abertura das inscrições para o Enem 2016, que ocorreu nesta semana, indica o início, de fato, da corrida para o maior exame do Brasil. A seis meses das provas, marcadas para 5 e 6 de novembro, a realização de simulados deve ser cada vez mais constante na preparação dos candidatos.

Provas desse tipo são fundamentais num plano de estudos de qualquer vestibular ou concurso, basicamente por trazerem dois grandes benefícios: o primeiro e óbvio, é a antecipação das dificuldades que possam ser encontradas nos dias do exame. O segundo, e não menos importante, é a autoavaliação, que pode inclusive sinalizar a necessidade de mudanças nas estratégias de preparação.

Ao fazer simulações do Enem, o participante se permite conhecer, antes do momento da prova, os obstáculos que o aguardam no dia do exame: cansaço físico e emocional, nervosismo, pressão e o temido “branco” são apenas alguns deles. E mais do que antecipá-los, a prática por simulados o tornará apto para enfrentá-los da melhor maneira no dia D.

Testar os conhecimentos durante o período de estudos também é imprescindível, o que torna os simulados ainda mais valiosos. Por meio da análise dos resultados, os candidatos podem avaliar a eficácia de sua metologia de estudos, corrigir possíveis equívocos e ainda traçar novas metas.

Outro ponto importante diz respeito a quantidade e frequência com que os simulados são realizados. Certamente um candidato que faz pelo menos um por mês chegará mais bem preparado do que aquele que realizou dois ou três em todo o período de preparação.

Tendo isso em vista, encerramos o artigo de hoje recomendando a todos que vão prestar o Enem 2016 duas ótimas oportunidades de participar de simulados: o programa Hora do Enem do governo, que disponibilizou o primeiro deles no último final de semana e ainda fará mais três (junho, agosto e outubro); e a Plataforma de Simulados do infoEnem, que oferece mais de 300 questões para você praticar em simulados semanais e mensais (clique aqui para se inscrever).

Bons estudos!

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *